A primeira cimeira da RIOGONÇA

(In Blog 77 Colinas, 20/07/2019)

Imagem in Blog 77 Colinas

River:  Meus senhores, a minha proposta de Riogonça inclui PSD, CDS, PAN e Aliança.
Flopes: Ó River, segundo as sondagens, isso tudo junto dá à volta de 34%, o que é curto. 
River: Ó Flopes, eu é que sei. Tu, até levaste uma abada nas eleições do PSD.
Cristas: Eu ainda não perdi a esperança de ser primeira ministra
River: E eu o Trump II
André: Nós, no PAN, aceitamos coligar-nos com quem der mais. A Riogonça ou o Costa.
River: E quais são as tuas exigências?
André: Escolher quatro ministros.
River: Quais?
André: Um camelo para primeiro ministro, uma galinha para vice-primeira ministra, um burro para a Educação e eu as Finanças.
Cristas: Isso seria quase o Triunfo dos Porcos (Orwell).
André: Porcos verdes.
Flopes: Desculpa, mas Finanças é comigo. Até sei umas larachas de economês.
River: Deves ter aprendido na discoteca Kapital.
Cristas: Continuamos com apenas 34%. Onde vamos buscar os restantes votos?
André: Não há problema, os camelos votam todos em nós.
Cristas: Mas também há muitos camelos a absterem-se.
River: Continua a não chegar. Temos que pensar nuns incêndios.
Cristas: Mas, o raio do verão não está a ajudar nada.
River: Podemos organizar umas greves dos médicos e dos enfermeiros.
Cristas: Que não sejam só à sexta-feira.
Flopes: Os bastonários dos médicos e dos enfermeiros teriam de ser ainda mais ativos.
River: A SIC teria de dar-lhes ainda mais tempo de antena.
Cristas: Temos de arranjar um caso qualquer para lixar o Costa.
Flopes: Prometemos baixar o IRS em 50%.
André: Já ouvi tudo e acho que vou escolher o Costa
River: Traidor.

Neste momento aparece o segurança do manicómio.
Segurança: Vamos lá colocar os coletes de segurança e voltar para os vossos quartos.

Faz-se silêncio no Ninho de Cucos.


Advertisements

Chocado, assaz chocado me confesso…

(Joaquim Vassalo Abreu, 18/11/2019)

Vassalo Abreu

E tão chocado estou que nem à arte da pontuação me dou

Vocês por favor ouçam-me e sigam o meu raciocínio que eu já estou que não posso Neste momento nem é pelo choque fiscal do Rio de que a seguir vou falar e que quando anunciado foi notícia e quando explicado deixou de o ser vá-se lá saber porquê mas é pelas séries e filmes que sou obrigado a seguir porque agora futebol não há e a política entrou de férias

É que estou mesmo a ficar farto e a entrar mesmo em desespero pois vejam só Na CSI de Los Angeles os quatro são sempre os mesmos já que mesmo sendo sempre barbaramente baleados nunca morrem na série está bom de ver só a pequeninha e fibrosa Hetty de vez em quando desaparece mas sempre volta para beber o seu estupidamente velho whiskie e até a Ruah é uma grande pistoleira pelo que eu digo como morrer e aqui façam o favor de imaginar uma interrogação

Mas não é só nesta também na de Honolulu pois não sei como se escreve A VAI na de New Orleans na de Miami e até na de Chicago PD que não sei o que significa pelo que vou à terças seguindo o Dr Bull que só uma vez perdeu ganhando a excelente VIS a VIS que se passa numa prisão de mulherame da pesada e a Rainha do Sul ambas nas noites de quinta esta onde o nosso Pepe Rapazote é chefe de um gangue precisamente na cidade do Luisiana e a Teresita é boa como o milho

Mas como aí sim aí morrem como tordos e eu que não fui nem à tropa nem à guerra e nunca fui mercenário pois nunca numa canhota eu toquei já estou a ficar farto de tanto tiro a brincar e de tanto sangue a jorrar e isso deixa-me até deprimido mesmo sabendo ser tinta Mas eita gente acabei de ler em mais um expresso mas este o Dinis que ainda há bem pouco tempo era Público uma notícia que incompreensivelmente ninguém sequer aflora a de que o Chefe dos Militares quem será ele está a perder a esperança e que a situação é insustentável pois faltam seis mil efectivos

E eu que nunca peguei numa canhota e já fiz seis capicuas fiquei a pensar Calma pá que a tua reserva já caducou bem perto das quatro e portanto não tens que temer É que nem na prova de tiro ao boneco passavas Mas onde se vão arranjar esses tais de seis mil se nem para a indústria gente há O brasileirame todo que está a fugir do calor dos trópicos chega e vai de imediato para a Restauração e quem sobra pergunto eu de modo que temo mesmo que o País do mundo que mais Generais tem estes tenham que investir de peito aberto tal como D. Quixote não sobre um suposto inimigo mas para a sua apetecida reforma dourada por falta de tropas

Mas que fazer Tenho os Telecines todos o Hollywood a repetir sempre os mesmos filmes os AX ENES o Crime e o outro o AMC que me lembra sempre o nome do meu Chefe e os FOX todos e até recebi hoje um Mail da NOS a dar-me os parabéns pois vou continuar a ter o NOS STUDIOS grátis e como fiz anos na sexta e foi a minha sexta capicua eles presentearam-me com o Arranha Céus duas vezes E eu até me perguntei Mas aquele artista com dois de altura e um de largo é mesmo perneta Perguntei-me porque a ser perneta é um excelente perneta e até aquele suplemento de perna é bem útil Três obrigatórios pontos que até admiração podem ter

De modos que de tão aborrecido e antes de ir uma semaninha de férias resolvi escrever-vos esta declaratória missiva de respeito para com a língua Portuguesa e com o acordo ortográfico não utilizando pontuação e até já sou reincidente Por mero respeito isso mesmo pois assim não erro nas vírgulas e para exortar a que procurem e leiam e basta digitar no Google pois ele já há muito me conhece um texto que eu também escrevi à Saramago e que se chama “As Reformas e a reformas” Pronto escusam de ir ver pois aqui vai o Link https://wp.me/p4c5So-wg

Leiam que é muito giro e agora vou finalmente falar do tal choque do Rio não aquele choque que nós sabíamos e até dizíamos que choque que eu levei e ou era mesmo eléctrico ou era o do cotovelo que até dói tanto como o outro mas aquele a que chamam de fiscal

Quando foi anunciado sem ser devidamente escalpelizado eu fiquei tão chocado que até escrevi no SER-SE SÉRIO em política que aquilo não era Ser-Se Sério Mas a verdade é que para lá da empolgação do Expresso Costa que escreveu não interessa o que ele Rio falou interessa é que finalmente falou só um outro Expresso colunista tentou entender mas chegou à conclusão que aquilo só mesmo com o alinhamento dos astros todos durante anos e com o tal multiplicador ali tão concentrado como se estivesse a fazer yoga

E fiquei mais chocado ainda pois ninguém mais falou do raio do choque até que o Rio descobriu onde realmente estava o problema na Saúde e que o problema estava no nome do ministério vejam só Que para não se chamar da Doença em vez da Saúde porque só recorremos à saúde quando estamos doentes e ele com aquela perspicácia que os seus lhe reconhecem pegou nuns óculos e arranjou a solução Ministério da Promoção da Saúde E isto sei eu ele foi beber àquela Tia de Cascais que um dia disse que estar viva era o contrário de estar morta E Rio não mais se esqueceu desta frase O estar doente é o contrário de estar com saude

Não ouvi mais mas não custa adivinhar um Promoção da Justiça um outro Promoção da Defesa ainda o da Promoção da Educação o da Progressão das Polícias e um outro este especial e inovador para a promoção das Ordens dos Médicos e Enfermeiros a Ministérios e assim numa Bolsonarização importada desse extraordinário exemplo Brasileiro nomeá-los embaixadores nos esteites do trampa Como se diz agora e uma colega farta-se de repetir Chorei

Só não morri com o choque pois tenho coração forte E ainda queriam que pusesse vírgulas … mas três pontinhos ainda ponho mas muito chocado

Desvairados

(In Blog O Jumento, 17/07/2019)

O pobre do Rui Rio não sabe o que propor, o Santana Lopes há muito o abandonou, os vice-presidentes que escolheu parece terem-no abandonado, o Morais Sarmento não se deixa ver. É evidente que o PSD já quase não existe e o CDS parece ter fechado para obras; até colocaram um outdoor apenas com um fundo azul informando os clientes de que estarão a preparar o futuro.

Não admira que estejam a surgir freelancers a fazer oposição com o que podem. O bastonário da Ordem dos Médicos está promovendo uma campanha itinerante junto de todos os hospitais do país, propalando uma imagem desastrosa do SNS, uma verdadeira campanha publicitária a favor dos hospitais privados.

Se na campanha de Passos Coelho o centro das atenções foram as escolas privadas, parece que desta vez tudo se faz para destruir o SNS, levando a que os dinheiro públicos sejam canalizados para o setor privado. Depois de uma greve cirúrgica de enfermeiros financiada de forma duvidosas e que apenas resultou na transferência de doentes para os hospitais privados, parece que agora se assiste a um verdadeiro assalto ao SNS. O próprio Rui Rio apressou-se a dizer o que querem, que o SNS seja um serviço de encomendas ao setor privado.

Quem anda um pouco em baixo é a conhecida militante da extrema-direita chique do catedrático Passos Coelho, algo que se compreende, a rapariga tudo faz para impedir uma sindicância à sua Ordem, talvez por recear por eventuais rabos-de-palha, Agora encomendou uns pareceres a que atribuiu o estatuto de acórdãos do Constitucional, achando que os pode usar para desrespeitar a Lei.

Depois das greves dos enfermeiros e dos professores esta gente deveria ter parado para refletir, pelos resultados das eleições europeias poderiam ter reparado que esta estratégia de fazer a vida dos portugueses num inferno, na esperança destes se virarem contra o governo não deu qualquer resultado, e até o PCP pagou caro o uso e abuso de um Mário Nogueira que já ninguém consegue ouvir.

A Fátima Bonifácio, lá do cimo da sua inteligência, achou que ela é que ia resolver o problema, a solução era virar os portugueses contra pretos, emigrantes e ciganos: o racismo e o medo é que iriam ajudar Rui Rio e Cristas. Decidiu lançar o mais execrável manifesto racista e xenófobo, tão execrável que deu mais uma machadada na direita. 

A verdade é que depois do que Passos Coelho fez aos portugueses e a instituições como o SNS, estas estratégias viram-se mais contra a direita do que contra o governo e os resultados das sondagens mostram isso. Palermas e incompetentes… por este andar é a direita que fica em estado de coma e nem os donos dos hospitais privados a salvam.


Fonte aqui