LEVANTA-TE BRASIL!

(Joaquim Vassalo Abreu, 07/04/2018)

brasil

Nota: Eu dedico este texto à minha Família Brasileira, dois Tios, Quatro Primas direitas e demais colaterais que, quer concordem ou não comigo, são uma real parte da minha preocupação e, como Brasileiros, fazem parte do meu imaginário desse enorme País!


Um País de Futuro” segundo a óptica de Stefan Zwieig que, ainda antes dos meados do século passado, assim o descreveu num livro que eu comprei e li, e penso estar algures pela minha biblioteca, a menos que o tenha doado ou ofertado ou, coisa não rara, esteja pendurado em qualquer prateleira de casa diversa mas para o qual, neste momento, não auguro bom futuro! …

E causa-me pena, muita dor e muito sofrimento íntimo tudo o que hoje se passa no Brasil e que eu não consigo, a bem da minha consciência, dissociar do que se passa na Europa e em todo o Mundo: uma imensa e impiedosa afronta de tudo quanto é poderoso contra tudo o que quer erguer a sua voz, reclamar dos seus direitos mais básicos, como o da cidadania e do direito a viver condignamente trabalhando e que se manifesta, noutro quadrante, na eliminação rasteira de todos os que politicamente a isso se oponham e manifestem, agindo, a sua discordância.

Desde já afirmo que eu não desculpo qualquer corrupção, seja ela de pequena ou grande dimensão, como não julgo a Justiça isenta e independente. Mas pergunto: neste “sistema” a que o mundo chegou e em que vivemos, alguém ocupando cargos de poder ou influência, pode levantar a mão e dizer: eu não? Ou, sendo eu poder, mesmo que local, municipal, fiscal, social etc….dizer: eu nunca pequei?

As pressões a alto nível são de tal forma violentas, ferozes e inultrapassáveis que, perante aquilo que desejamos legislar para bem comum, sendo confrontados por poderes imensos, plenos de ameaças e contraposições, organizados e corporativos, nada mais resta que negociar…e entrar no jogo! É quase impossível resistir, mesmo mantendo o essencial decoro. Todos sabemos, mesmo não aceitando como princípio…

Mas neste Brasil Brasileiro, este País imenso e pleno de contradições, houve sempre e sempre na sua quase curta história pessoas que, perante a sua deriva, sempre contra isso lutaram e muitos e muitos até a sua vida deram.

E agora os convoco! Para que se LEVANTEM! Para que voltem à luta! Por aqueles por quem sempre lutaram e que, agora, se sentem saudosos e prenhes da sua Luta e inconscientemente incapazes de resistir por não verem autênticos lideres:

LEVANTA-TE Luis Carlos Prestes, tu que deste o teu nome a tanta criançada a aos seus Pais grávidos de esperança e forma outra cavalgaria da Esperança! Retoma as rédeas do teu cavalo e vai, Brasil a dentro, levar a palavra da Esperança! LEVANTA-TE Marighela, LEVANTA-TE Marinella, tu que tão cedo te foste, LEVANTA-TE Zumbi dos Palmares!

LEVANTA-TE Chico Mendes e LEVANTEM-SE todos aqueles que pereceram pelo direito a ter um palmo de terra, naquela imensidão de terra em que um pequeno bocado era a única maneira de se ser LIVRE!

LEVANTA-TE João Cabral de Melo Neto e compõe outra “ Morte e Vida Severina! LEVANTA-TE Jorge Amado e convoca todos os teus heróis incógnitos e refaz os teus “Subterrâneos da Liberdade”.

E LEVANTA-TE Oscar Niemeyer e fala, diz, relata a tua vida e como, sendo-se rico, se pode estar sempre e sempre do lado do Pobre!

E recorda o que foi a perseguição e o massacre contínuo, nomeadamente aos grandes heróis da luta contra a ditadura, particularmente do PCB cujos alguns aqui recordo e que veementemente solicito que se LEVANTEM: Mariano Grabois, João Amazonas, Renato Rebelo, Chico Passeata, Mário Lago (que chegamos a ver em Novelas), Diógenes Arruda, Neide Alves Santos, Astrogildo Pascoal Viana. Milton Pinheiro, Severino Elias de Melo, José Pomar, Elson Costa, Nestor Veras ( do MST) e tantos e tantos outros que deram a vida por um Brasil melhor e mais igualitário…

LEVANTEM-SE e voltem à luta por que os tempos urgem e são perigosos. É preciso que de LEVANTEM  e voltem! E voltem para dar alento a esta sociedade manietada e sem vislumbre de futuro..

E LEVANTEM-SE MULHERES do Brasil! E olhem nos exemplos de DANDARA, a esposa de Zumbi dos Palmares, de Leila Diniz, de Anita Garibaldi, sim Garibaldi, de Nísia Floresta, de Leolinda Dantron e tantas e tantas outras e na vítima de tudo isto, como Mulher: DILMA ROUSSEFF, velha guerrilheira pela democracia e igualdade a quem isso não perdoaram…

Mas também em outras presentes, e estas LEVANTAM-SE sim, mas precisam de mais bocas, de mais ombros e de mais braços, como Jandira Feghali ou Luciana Santos

E LEVANTEM-SE os Nordestinos sem destinos, os Favelados sem ensinos, os Descamisados sem caminhos, os Vagabundos sem tino, os Seringueiros abandonados, as Crianças de rua estrupadas, as Mulheres de rua resignadas, os Pedintes sem eira nem beira, as Mulheres cansadas de tanta canseira, os Bêbados cachaceiros de tanta asneira, os da borracha sem borracha, os Sem Terra vendo tanta, o Boiadeiro perdido na manada, o Cangaceiro escondido na tocaia, tanto Menino perdido, tanto e tanto para nada…

LEVANTA-TE Brasil e vem ver este teu Brasil desesperançado, metralhado, judicializado, possuído e ostracizado. Quem? Tu, tu Brasil, as tuas gentes, todas essas que eu falei! Abandonadas à sua sorte e ao mando dos poderosos, que exercem a malvadez de dizerem que, vos dando emprego, são coisa sua!

As terras infinitas, as águas benditas, as florestas tão ricas, todo aquele gado marcado sob o ferro do seu dono, os imensos cafetais, de quem são? Deles, uns quantos, donos de tudo e também de vocês!

LEVANTEM-SE e venham ver o vosso Brasil violento, mas sedento do amanhã! Aquele que esbraceja e não esmorece e que se levanta sem dormir..

LEVANTA-TE e vem ver! E acusa todos esse esbirros, sanguessugas e assassinos, enlaçados e engravatados, muito bem penteados, te ternos bem azulados, mas enlameados…

LEVANTA-TE BRASIL!

Anúncios

2 pensamentos sobre “LEVANTA-TE BRASIL!

  1. Estamos tristes de ver ao que chegou este tão maravilhoso país entrego, pelos juizes, ao poder da finança, dos ricaços, e das “dondocas” que precisam de ter muita mão de obra a trabalhar para elas, mas sem terem que pagar um salário justo e reconhecer para esta mão de obra o direito a uma certa protecção social como é de lei nos países desenvolvidos. Como dizia ele ontem no seu último discurso, nós somos todos “Lula”, cada um no seu povo é “Lula”, e nas próximas presidenciais o seu campo há de ganhar. O pior é que se viu tanto ódio na atitude daqueles que são contra ele!

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.