Salazar nasceu há 132 anos e Mussolini morreu há 76. Há dias assim…

(Carlos Esperança, 28/04/2021)

O céu está agora cinzento, o tempo incerto, alternado o sol e a chuva, numa primavera sob o medo da pandemia, ainda com receio doa recidiva do vírus que nos afastou dos amigos e da família.

A comunicação social, tão dada a evocar mortes, parece ter esquecido o nascimento do abutre de Santa Comba Dão, daquele pérfido seminarista que, segundo a Irmã Lúcia foi enviado pela Providência Divina, o organismo da Segurança Social Celeste que escolhe políticos sem recurso ao incómodo sufrágio popular.

Faz hoje 132 anos que nasceu o sinistro ditador que acreditava na bondade de Cerejeira e na eficácia de uns pontapés dados a tempo como profilaxia dessas ideias nefastas, que a Inglaterra exportava, de um exótico regime conhecido por democracia.

Não há notícia de missas de sufrágio, novenas de ação de graças ou orações por alma do ditador. Vergonha ou amnésia, os próprios herdeiros espirituais renunciaram à herança e envergonham-se de dar testemunho público da saudade pelo torcionário que tinha sobre a mesa de trabalho a fotografia de Mussolini.

E vejam lá, leitores, a ironia do calendário! Benito Mussolini, que assinou os acordos de Latrão, que também foi enviado pela Providência divina, segundo o Papa de turno com quem se obrigou a tornar obrigatório o ensino da religião católica nas escolas públicas italianas e a quem entregou um avantajado óbolo do tesouro italiano, Benito Mussolini – dizia –, foi executado no dia de hoje, há 76 anos, no Lago Como, quando tentava a fuga para a Suíça. Os guerrilheiros italianos travaram-lhe o passo.

A tarde continua cinzenta e incerto o tempo neste dia de pesadas efemérides, um nascimento e um óbito, de dois crápulas que jamais deviam ter nascido.


Gosta da Estátua de Sal? Click aqui.

7 pensamentos sobre “Salazar nasceu há 132 anos e Mussolini morreu há 76. Há dias assim…

  1. De facto, o povo português é tão “fascista, racista e machista” como a esquerda diz, que até é preciso a esquerda lembrar-lhe constantemente destas efemérides.

    Mais ninguém pensa nisto.

    A esquerda é que faz o favor de ir buscar o espantalho do fascismo à falta de melhor para fazer.

  2. Só uma pérfida mentalidade, filha do “fascista” Lenine, é capaz de escrever tão cínico artigo sobre um Homem que foi a expoente máximo de arte de bem governar um povo ignaro e ingrato, tendo-o tirado das trevas onde os liberais republicanos de 1910 o tinham colocado! Infelizmente há que preferia viver nas trevas.

    • Nota. Tens de arranjar um “Cantinho do Fascista”* em homenagem ao cantinho europeu do Zbording, ó d’A Estátua, onde os dois comentadores fascistas do blogue venham deixar a sua trampa.

      Asterisco. Outras sugestões: “A Patada do Tarrafal”, “O Grogue De Para Angola, E Em Força!”, “O Marcello Da DGS Era Um Coninhas Comunista, Viva A PIDE E A Quem A Apoiava!”, “Angola É Nossa!”, ” Grândola, Vila De Pretos”, “Quem Manda? Salazar, Salazar, Salazar!”, &etc.

      • Adenda. Passam a três os clientes: “O Cantinho do Zbording”, ou “Pinto Da Costa E Os Jornalistas Da TVI, O Cunhal E Seus Amigos Estão De Férias No Forte De Peniche, Outra Vez” (spot da campanha sobre a Escapadinha comunista, literalmente!).

        🙂 , e viva o clube do gato!

  3. Lá vêm estes com o Salazar. Salazar isto, Salazar aquilo, Salazar aqueloutro… Estamos em 2021, o homem já morreu há 50 anos!! Meus caros e apreciados senhores da Esquerda, caso já não se recordem, houve um evento chamado 25 de Abril, que derrubou essa ditadura apodrecida e instaurou a democracia em que hoje felizmente vivemos todos. Deixem lá de agitar o espectro do Salazar, e com isso dar força ao Chega. Se são de Esquerda, cuidem da vossa Esquerda, em vez de ajudar a extrema-direita.

    • o 25Abril é obra de mercenários preocupados com o seu pré e quererem manter o rabo longe das savanas…., o resto é fake news para alimentar acéfalos! Quanto à liberdade…, admito que haja quem goste de ser roubado, empobrecido e queira assumir dívidas de outros beneficiados!

Leave a Reply to Pedro Cancel reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.