Gostaria de criticar Fidel

(In Blog O Jumento, 26/11/2016)
fidel
Gostaria de dizer que em Cuba as eleições são viciadas e o poder não é escolhido pela maioria. Pois, mas a América vai ter um presidente que teve menos votos do que a rival em eleições sobre as quais há muitas dúvidas e o mesmo já tinha sucedido na Florida, a mesma Florida dos exilados cubanos.
Se fosse descendente de um proxeneta dos tempos de Baptista, de algum latifundiário ou da burguesia cubana estaria a festejar agora a morte de Fidel. Mas não tenho a certeza de que os cubanos estejam contentes ou mesmo indiferentes, como sugere uma blogger cubana.
Gostaria de dizer que os cubanos vivem mal por causa de Fidel, mas a verdade é que há mais miséria em todos os países da América Latina do que em Cuba, a verdade é que em muitos indicadores de desenvolvimento Cuba está ao nível dos países mais desenvolvidos e nalguns casos mesmo acima dos Estados Unidos.
Gostaria de dizer que em Cuba há uma ditadura, mas como posso ignorar que muitos dos democratas que criticam a ditadura cubana apoiaram uma ditadura no meu país, como posso fazer de conta que algumas democracias da América Latina têm tantos ou mais presos políticos do que Cuba.
Gostaria de criticar Fidel por ter optado pelo isolamento, mas como posso esquecer que foi Cuba quem travou uma das maiores batalhas no continente africano, derrotando as forças armadas do Apartheid, em Cuito Cuanavale. Como posso criticar o isolamento de Cuba se foram os EUA que lhe impuseram o maior boicote comercial na história da humanidade.
É verdade que Cuba não é uma democracia, mas está longe de ser sido a pior das ditaduras da América Latina. É verdade que os cubanos poderiam viver melhor, mas são dos povos com menos miséria da América Latina. É verdade que Fidel foi um ditador, mas muitos dos que dizem que Fidel é um ditador, ajudaram ou apoiaram o mais brutal dos ditadores a derrubar Salvador Allende. Fidel, o ditador, tinha mais autoridade democrática do que muitos governantes democratas que ajudaram ou promoveram ditadores bem mais brutais.
Nesta hora gostaria de criticar Fidel, seguindo os meus princípios. Mas, peço desculpa, não consigo.

3 pensamentos sobre “Gostaria de criticar Fidel

    • Em milhões de votos nos partidos:
      3 = Geringonça
      2 = PàF

      Em deputados dos partidos:
      122 = Geringonça
      107 = PàF

      O XX governo (PàF) teve a sua investidura negada num Moçã de Rejeição, por MAIORIA ABSOLUTA.

      Já o XXI governo (Geringonça) teve a sua investidura aprovada por um apoio da MAIORIA ABSOLUTA dos deputados eleitos livre e democraticamente.

      Que culpa têm os outros que você seja ignorante relativamente à Lei Eleitoral e à Constituição, ou que sofra de uma Deficiência Cognitiva Temporária?

      Queria o quê? Que a PàF tivesse o direito de governar mesmo tendo contra si a MAIORIA ABSOLUTA dos deputados representantes dos eleitores, ou seja, contra a vontade da maioria da população? Ou que se alterasse a Constituição para a PàF se eternizar no poder?
      Isso felizmente não aconteceu, porque Portugal não é uma ditadura de direita desde 1974!!!

      Gostar

  1. Todo o mundo opta por criticar todo o mundo e cada qual dita a sua sentença mais pela emoção do que pela convicção. Com ou sem razão, nunca deveremos esquecer que qualquer história tem mais que uma versão. Temos que ser, acima de tudo, leais aos nossos sentimentos e fazer justiça com as verdades.

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s