O pior de 2018

(Valupi, in Blog Aspirina B, 31/12/2018)

bébés

(Até os bebés se riem a bandeiras despregadas com a petulância dos direitolas, a começar pela Cristas que diz que está preparada para ser Primeira-Ministra… 🙂

Comentário da Estátua de Sal, 01/01/2019)

 

O pior de 2018 foi não termos alguém do PSD (tanto fazia) e a Assunção Cristas a governar a malta.

Com esse pessoal a despachar decretos-lei, os professores já tinham recuperado todo o tempo de serviço e o mais que se lembrassem de pedir, os enfermeiros passariam a tirar os pensos com muito maior delicadeza e carinho e quem pensasse em fazer greves a cirurgias (ou que fosse ao corte das unhas) seria tratado como efectivo criminoso, os magistrados do Ministério Público teriam Joana Marques Vidal firme no comando da PGR por mais 6 ou 60 anos (o tempo que levasse a exterminar a praga de corruptos com ninho no Rato), o valente Ventinhas poderia dedicar-se a tempo inteiro a comentar processos judiciais em curso e caluniar certos arguidos que ele não grama, e, claro, as 20 estações de Metro da Cristas (com um custo simpático de dois mil milhões de euros) estariam quase prontas.

Os direitolas, quando vão para a oposição, transmutam-se em paladinos do Estado, da coisa pública, do investimento nos serviços sociais em favor dos mais desfavorecidos. Ou seja, a direita na oposição mal se distingue das pessoas decentes.

É, pois, lamentável que o PS não tenha deixado entrar à socapa nos Conselhos de Ministros alguém do PSD (tanto fazia) e a Assunção Cristas (ou deixá-la participar por SMS, feito artístico em que se terá especializado nesses dias de canícula em que só apetece piscina ou beira-mar).


Fonte aqui

Advertisements

4 pensamentos sobre “O pior de 2018

  1. «Não gosto de chafurdar (1) em pântanos (2)», poderia discutir palavra por palavra o que dizes ó Manuel G. mas cada um fica com a sua., pois.

    Nota. Estás a ver como gostas, pá? Eis mais um post miserável da personagem Valupiana, que, inopinadamente, inclui uma vertente que se relaciona com a Câmara Municipal de Lisboa [… «e, claro, as 20 estações de Metro da Cristas (com um custo simpático de dois mil milhões de euros) estariam quase prontas.»].Ora, de há um tempo a esta parte, corrijo, depois da morte de José Sócrates (ausente do post, imagine-se!), esta dmensão, que só por si é bastante ridícula quando misturada a martelo como é o caso, deveria ser explicadinha.tostão por tostão

    Mas é a vida, lá isso é!, senhores/as.

    #lixo

    • (Até os bébés se riem a bandeiras despregadas com a petulância dos direitolas, a começar pela Cristas que diz que está preparada para ser Primeira-Ministra… 🙂

      Comentário da Estátua de Sal, 01/01/2019)

      Nota. Epá, vi agora o riso do bebé (com acento no segundo e, apenas)… glup!

  2. Merda Seca, nem 2019 consegue trazer bom senso a essa abóbora que trazes em cima dos ombros.
    Já mete nojo essa fixação no Sócrates, pá, parece que houve para aí alguma paixão não correspondida.
    Já quanto à raiva que tens ao Valupi, desde que ele te chutou do Aspirina, faz com que pareças um mastim enraivecido, sempre a roer as canelas ao coitado.
    Trata-te, pá!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.