Rocket man and crazy live together in perfect harmony

(João Quadros, in Jornal de Negócios, 15/06/2018)

trump_kim1

Donald Trump e Kim Jong-un encontraram-se em Singapura numa cimeira que, para muitos, é o encontro mais importante do século XXI. Eu continuo a preferir o França-Portugal de 2016, mas não vamos por aí.

Foi no luxuoso Capella Hotel, na turística ilha de Sentosa, em Singapura, que os dois líderes, que a maioria das pessoas acha que não jogam com o baralho todo, se reuniram para dialogar, em vez de se encontrarem para uma luta de wrestling, que era o que faria sentido e que todos esperávamos. Era isso ou medir pilas.

Mas a verdade é que fomos surpreendidos: nem Trump fez uma tentativa de apalpar os pequenos seios de Kim, nem o líder norte-coreano tentou envenenar Trump com uma luva transparente contaminada com ébola aquando do aperto de mão. Os dois dos maiores vilões do planeta ficaram muito aquém das expectativas… Talvez eu ande a ver demasiados filmes da Marvel, mas podia ter havido um momento de tentativa de estrangulamento, logo amansado. Um agarrar das partes baixas com um “assobia, assobia!”, executado com rapidez por Trump quando Kim estivesse distraído. Nada.

Acho que houve mais “clima” entre Kim e Trump do que no casamento real do Harry e da Meghan. Provavelmente, o presidente dos EUA olhou para Kim, para a barriga, o penteado, a arrogância, a falta de noção de ridículo, e pensou: “este rapaz podia ser meu neto se eu tivesse ido à guerra do Vietname.”

Vi em directo o encontro e o que mais me impressionou foi o ruído das máquinas fotográficas, pareciam metralhadoras. E o Kim e o Trump nem pestanejaram, como se estivessem habituados a fuzilamentos ou a massacres em escolas. É preciso ter estofo. Se eu passasse por aquela rajada de fotografias, acordava “banhado em suor e com a sensação física, até de dor, de que estava a levar chapadas”.

Também fiquei bastante impressionado com aqueles guarda-costas de fato negro e gravata a correr junto à limusina do presidente da Coreia do Norte. Já me aconteceu aquilo com cachorros. Só falta ladrarem aos pneus.

É impressionante a sincronia daquela gente. Por exemplo, as coreografias da claque da Coreia do Norte, nos Jogos Olímpicos de Inverno, tornaram-se num fenómeno mundial. Já percebi que os norte-coreanos são gente que faz tudo em grupo e com uma sincronia incrível. Deve ser impressionante uma orgia norte-coreana. Deve ser uma espécie de linha de montagem da Mercedes.


 TOP 5

KIM E KONG

1. Lançar balões pelo smartphone. A realidade aumentada chegou aos Santos Populares – Por favor, façam isso com os martelos de São João, que aquilo não se aguenta.

2. Em mais de 5700 pedidos de vistos gold, só nove foram para criar emprego – isso é porque não têm em conta o trabalho que deu a corruptos.

3. Fila na Feira do Livro para tirar uma selfie com Marcelo – antes isso do que para autógrafos com o Chagas Freitas.

4. Ricciardi diz que Sporting está em risco de insolvência – e se há alguém habituado a estar envolvido em insolvências é o Ricciardi.

5. Alfama venceu novamente as Marchas Populares de Lisboa – mas a marcha foi traduzida para francês para os moradores de Alfama entenderem.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Rocket man and crazy live together in perfect harmony

  1. Toma lá, Manuel G.

    Lula da Silva vai comentar, a partir da prisão, os jogos do Mundial 2018, O anúncio foi feito através de um vídeo publicado nas redes sociais pelo Partido dos Trabalhadores.

    Outra vez concorrência desleal, seja no caso do Inimigo Público seja no do João Quadros.

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.