Por onde andaste Rui Rio?

(In Blog O Jumento, 05/10/2017)
ruirio
Não sou militante do PSD mas imagino a pergunta que muitos dos seus militantes estarão a fazer nestas horas, onde andou Rui Rio durante estes anos?
Rui Rio não deu a cara por nada, não correu riscos, diz que nada disse e sugere que foram os jornalistas que falaram por ele, como se fossemos néscios e não soubéssemos como se colocam notícias. Rui Rio não só não deu a cara, como em três anos andou escondido na penumbra. Umas vezes criticava ou fazia leves críticas a Passos, quando lhe convinha aparecia a dar algum apoio, mas desaparecia logo de seguida.
Onde estava Rui Rio enquanto Manuela Ferreira Leite tinha coragem de criticar ou apoiar as decisões governamentais de Passos Coelho? Onde estava Rui Rio quando muitos dos críticos de Passos Coelho assumiram a coerência que lhes impunha a sua militância. Rui Rio estava mas não era ali, estava à espera que algo corresse mal ao seu partido, andou anos a esperar pela sua oportunidade.
Rui Rio é o modelo nacional da cobardia política, Rui Rio não apoiou para que não o criticassem, não criticou para que não o criticassem, não esteve presente para que não o criticassem, não falou para não se expor, para que não o avaliassem. O que pensou Rui Rio das melhores soluções quando o país precisava delas porque atravessava um dos piores momentos da sua história. Nas horas difíceis Rui Rio preferiu a ausência, entre a coragem e a cobardia optou sempre e de forma sistemática pela cobardia, porque a cobardia o poupava, a cobardia não o comprometia.
Onde estava Rui Rio quando foi preciso criticar Passos Coelho e o seu governo ou a sua forma de fazer oposição? Rui Rio escondeu-se porque o silêncio não o comprometia, Rui Rio preferiu deixar o país e o seu partido entregue a Passos Coelho apostando que tudo lhes corresse mal, esperou anos neste silêncio cobarde até ás eleições autárquicas da passada semana.
A cobardia e oportunismo de Rui Rio não pode ser vista apenas na perspectiva de Passos Coelho. Essa ausência premeditada serviu para não se comprometer com o seu próprio partido e ao fazê-lo recusou-se a servir a democracia e o país durante os últimos quatro anos.
Rui Rio é o falso atleta que em vez de se cansar ao longo de 30 quilómetros optou por deixar os seus adversários lutarem e ficarem exaustos, para entrar à socapa na corrida a 12 quilómetros da meta. Em quatro anos apareceu uns minutos numa arruada no Porto, o mesmo Porto de cujos maus resultados eleitorais se aproveitou, ele que sugeriu que enquanto Passos estava na Lisboa do desastre eleitoral, ele estava no Porto onde o seu candidato teria sucesso.
Estamos apenas perante cobardia ou face a um candidato cujos fracos recursos intelectuais o levaram a  ter receio de correr riscos, e que durante quatro anos receou que quando abrisse a boca ou entraria mosca ou sairia asneira? Porque andou escondido Rui Rio durante todo este tempo?
Anúncios

Um pensamento sobre “Por onde andaste Rui Rio?

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s