Afinal o diabo chegou antes do fim do mês

(Por Estátua de Sal, 23/09/2016)
centeno1
A direita pafiosa, capitaneada por Passos Coelho, cujo cognome agora é O IRREVOGÁVEL II, depois de ter dado o dito por não dito no caso do livro do Saraiva, anda cada vez mais “aos papeis”.
Por cada catástrofe que anuncia surgem duas ou três boas notícias que a desmentem.
Esta agora é de realçar. Conhecido o número do déficit no 1º semestre de 2016, avançado hoje pelo INE, 2,8% do PIB, este está quase 2% abaixo do que acontecia o ano passado e que era de 4,6%. Ora, nessa altura, a direita dizia que ia chegar ao fim do ano com um déficit de 3%, o que de facto não conseguiu. Mas, Maria Luís, batia o pé e dizia que ia conseguir.
Ora, o mais caricato, é que enquanto a direita achava, o ano anterior, que conseguia chegar de 4,8% a 3%, agora acha que chegar de 2,8% a 2,5% como exigem os “fiscais” de Bruxelas, não é exequível!!
Cambada de imbecis e de manipuladores. Quando é que o País se levanta em peso e manda calar estes energúmenos?
Ó Coelho, estás com um azar enorme. De facto o diabo já veio, mas em vez de trazer o fogo do inferno trouxe um déficit de 2,8% que te custa a engolir à brava.
Por este andar nunca mais vais ter a crise que teimas em invocar e provocar para tentares regressar às tuas políticas de malfeitor, no saque aos trabalhadores e aos pensionistas.
O melhor é telefonares ao teu amigo Barroso para que te arranje um tacho lá na Goldman Sachs, nem que seja um lugarzito de porteiro ou de telefonista. Sim, porque não deves ter competências para mais.

Ver Défice cai para 2,8% no 1.º semestre — Expresso

3 pensamentos sobre “Afinal o diabo chegou antes do fim do mês

  1. Mas o ano ainda não acabou, ao julgo saber. Mas foco votos para que consigam atingir os objetivos a que se propuseram. Maas há outro problema que é a dívida pública que não para de aumentar…já sei, quem vier atrás que apague a luz. Ah! Já agora que … feche tá a porta!

    Gostar

  2. [Cambada de imbecis e de manipuladores. Quando é que o País se levanta em peso e manda calar estes energúmenos?]
    Gostei desta parte, mas não estarei em total sintonia, pois, talvez pela idade, continuo carenciado de alguns motivos para me divertir e, não tendo dinheiro para ir nos cinemas, teatros, ópera, casinos e outros lugares que tais, e ainda porque abrir a TV me enoja, encontro nas redes sociais uma boa e acessível forma de me divertir, pois desde o Diabo que chegaria em Setembro, até à mais recente evacuação de um tal Subir Lall, serventuário sem vergonha do capitalismo que lhe paga (e que pagamentos ele recebe…), tal Vidente de Massamá (agora mais modernamente girando sob a sigla do IRREVOGÁVEL II – também gostei desta, oh Estátua!…), que tem a certeza de que Portugal não só vai falhar o défice como agora já é tarde para arrepiar caminho visando o cumprimento. Isto entre outra bacoradas e que já mereceram que o O Jumento tivesse lembrado o Alm. Pinheiro de Azevedo (um ilustre democrata que, pelas mãos do então aburguesado “Grupo dos 9” e às costas do maior charlatão da política lusa que gira sob a sigla do “bochechas” de braço dado com tudo o que era fascista – sim, porque não era só o antónio da calçada e Caetano que eram fascistas –, democratas de boca, populares, sociais-democratas, socialistas em liberdade, etc., substituiu um perigoso comunista que chefiava o V Governo Provisório), para mandar o miserável (de espírito, claro) Subir Lall ir mas é bardamerda.
    Mas o estado de alma dos que alinham e apoiam as direitas lusas [sim, porque os(as) há que se reclamam vir da esquerda da Direita, outros(as) da do centro, outros(as) da Direita propriamente dita e ainda os(as) da extrema-direita] anda de tal modo agitado, são tantas as descabeladas teses, argumentos, lamentações, críticas, etc., etc., que eu venho partido o coco a rir, tal é a pipa de masturbações intelectualóides que esta seita vai evacuando por tudo quanto é sítio, recebendo uma imensidão de “gosto” que devem levar os autores ao orgasmo.

    Espero ter justificado a minha falta de sintonia total com a frase citada! E assim, aproveito para daqui enviar ao cuidado dos pafistas pafiosos da “direita da Lusa Direita”, ainda ressabiados e com azia – que fracos devem ser o XANAX e as RENIE –, como recompensa do prodígio que tem sido esta semana no que a certas masturbações intelectuais respeita, algumas da autoria de tão doutas quanto ilustres figuras de “comentadeiros” descabelados, e em que se misturaram um putativo imposto sobre o património dos 8.000 lusos mais ricos, com uma tão inexplicável quanto surpreendente (para quem não conhece tão ilustre besta estadista da nossa praça política) e prometida apresentação de uma “coisa” enorme (dizem que ultrapassa as 400 páginas) que mais não será, ao que é suposto, do que um enorme “monte de bosta”, poetizando com a humildade que caracteriza o Zépovinho votante, aqui fica um pequeno contributo para melhor descrever a miserável imagem que tais doutos fascistas pafistas vêm deixando por tudo quanto é lado:

    Palram pega e papagaio,
    E cacareja a galinha,
    Os ternos pombos arrulham,
    Geme a rola inocentinha!
    Muge a vaca, berra o touro,
    Grasna a rã, ruge o leão,
    O gato mia, uiva o lobo,
    Também uiva e ladra o cão!
    Relincha o nobre cavalo,
    Os elefantes dão urros,
    A tímida ovelha bale,
    Zurrar é próprio dos burros!….

    MAS TENDO EM CONTA A TÃO LEVE QUANTO DESEJADA BRISA QUE, DESDE DEZEMBRO DE 2015, JÁ SE COMEÇOU A FAZER SENTIR, E QUE TEM VINDO A AUMENTAR EM VOLUME E INTENSIDADE, MAS QUE SE DESEJA VENHA A TRANSFORMAR-SE EM UMA AUTÊNTICA TEMPESTADE, CAPAZ DE PODER ARRANCAR AS PENAS DOS SAUDOSISTAS DE UM TEMPO PASSADO (E QUE, ENTÃO RUIU, COM AS PORTAS GLORIOSAS QUE ABRIL ABRIU), COMO JÁ SUCEDEU AO POBRE DO PEDRO, ASSIM CANTADO:

    Passos Coelho, pelo Relvas ajudado
    Em poucos anos subiu a um alto lugar,
    Perdeu agora a sua pena de voar,
    Ganhando a dura pena do derrotado.
    Já não tem no partido, nem no aliado,
    Asas suficientes com que se sustenha:
    Pobre do Pedro, não há mal que lhe não venha!….
    Travestiu-se de PàF, p’ró Povo ludibriar,
    Mas, nas urnas, desta vez saiu derrotado,
    E, sentindo que assim ficou desasado,
    Sabe agora que, para poder regressar,
    Já nem de Belém poderia vir mais lenha:
    Pobre do Pedro, não há mal que lhe não venha!…

    Finalmente, é com razoável apetite que vou roubar ao saudoso Barbosa:

    A vida é filha da puta!
    A puta é filha da vida!
    Nunca vi tanto filho da puta,
    na puta da minha vida!…

    Caríssimo amigo Estátua, diga-me lá agora, sff, se se correr com esta seita (que o amigo designa por cambada de imbecis, manipuladores e energúmenos) daqui para fora, onde vou divertir-me depois???
    Bom, mas porque não sou egoísta, fique então lá com a sua vontade/desejo, faça favor de marcar o dia, a hora e o local para o evento, escolha a “arma”, que lá estarei 2 horas antes para colaborar de corpo e alma!…

    Liked by 1 person

    • Caro anticapitalista, grande comentário! Eu entendo perfeitamente porque não quer perder a dança dos “charlatães” que para aí andam. São mesmo uma stand-up comedy. Mas acho que pudéssemos chutá-los a sério e de todo ainda nos divertíamos mais. E sobretudo, até rejuvenescíamos, creio eu. Um grande bem-haja da Estátua! 🙂

      Liked by 1 person

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s