A PUTA (P, U, T, A) DA DIREITA

(Carlos Reis, in Blog A Viagem dos Argonautas, 15/11/2020)

Fonte aqui


10 pensamentos sobre “A PUTA (P, U, T, A) DA DIREITA

    • Nota. Quem é este gajo com ar esgroviado, é um empreendedor que assenta tijolos? Azulejos, canalizações? Ou faz parte da bancada do PS na assembleia de freguesia de Picha? Tu sabes algo, ó agricultor?

  1. É o que dá o analfabetismo orgânico cultivado na sociedade e nas escolas e academias pela classe dominante e dirigente e consciente ou inconscientemente pelos corpos docentes. Dá jeito a quem apenas conhece e aceita a sua verdade, exercer o poder e não gostar de ser escrutinado, ter um povo imbecilizado que apenas obedece.

  2. Concordo a 100% que a direita é uma puta.

    O problema é que a esquerda também é.

    E aproveito o vernáculo do texto para me sentir livre de expressar vernacularmente em português das ruas o que sinto sobre o assunto.

    Extrema direita e extrema esquerda são duas putas que se alimentam mutuamente das próprias excrescências num 69 sáfico no campo da propaganda.

    Espero que tenham gostado da minha visualização politico-filosófica.

    Ás duas putas interessa exacerbar ao máximo a conflitualidade social, para poderem ganhar a vida logo precisam uma da outra para poderem dizer que o putedo vem aí e que cada uma é que vai salvar o povo da outra.

    O problema é que neste jogo de putas a esquerda vai acabar por perder, por estar muito mais identificada com o extremismo do que a actual direita.

    É que quando as pessoas começarem a perceber que o Ventura nunca pediu a expulsão dos pretos nem campos de concentração para ciganos, vai-se lembrar que o PC acha que a Coreia do Norte é uma democracia é que o bloco festeja o derrube da democracia russa pela revolução bolchevique.

    Daí a concluir que o Ventura é uma vítima perseguida pelo sistema é um pequeno passo.

    Ah. E claro que também não ajuda nada a esquerda passar a vida a insultar todo o povo de “fascista, racista e machista” porque afinal de contas, para além de ser mentira, o povo “nazi” é o seu potencial eleitorado.

    Isto cria três situações. A esquerda perde credibilidade por andar a espalhar calúnias contra o seu próprio povo. Ganha a inimizade do povo por este se sentir injustamente insultado por ela. E até cria um sentimento de identificaçao com a extrema direita, visto a esquerda chamar fascista a toda a gente o termo perder significado e ganhar o sentido de toda a gente. Porque se toda a gente é fascista então o fascismo não deve ser assim tão mau.

    Por isso, sim, o Chega deve crescer exponencialmente, principalmente porque a esquerda além de puta é burra como uma porta.

    • Escorreita analise, BAAL.
      Pior que as putas são os filhos da puta.
      E JÁ AGORA O USO ABUSIVO, DO TERMO PUTA ,DESTA FORMA DESPUDORADA E OFENSIVA PARA PESSOAS QUE QUER SE GOSTE OU NÃO, TEM A DITA MAIS ANTIGA, PROFISSÃO DO MUNDO , NÃO É HOMOFÓBICO?

      • Caro cogito.

        Quem usou o termo logo no titulo foi o cronista. Conforme referi na minha resposta apenas me senti livre de o usar também,

        Quanto a homofóbico, essa não percebi. É para mim ?

        É que a esquerda atira acusações fake d tudo e mais alguma coisa assim de rajada com o objectivo de desviar as conversas e as pessoas ficam na duvida sobre o que REALMENTE querem dizer.

    • Se queres tanto mudar as coisas, podes começar a chatear também quem não contrata minorias só por serem minorias e quem as condena a ter educação à parte em bairros à parte com serviços do estado à parte. O tal racismo institucional que não existe.

      • Sim, no meu país não existe.

        Metade dos meus colegas de trabalho são negros e o meu país é chefiado por um indiano. Que por acaso até apoio.

        Você é de onde ? Do Texas de 1960 ? É que em 2020 já nem o Texas é assim, pelo que você tem de usar a máquina do tempo do H. G. Wells para voltar para casa.

      • Os negros são segregados nas escolas portuguesas ?

        Puxa.

        Precisei chegar a esta idade para perceber que os colegas negros que sempre tive na escola afinal eram suecos nazis pintados de preto.

        Provavelmente para enganar a esquerda… Mas a esquerda é muito esperta e descobriu logo que eram suecos nazis pintados.

        Agora a sério, a esquerda e o politicamente correcto andam a fazer um concurso com o Trump a ver quem consegue inventar a aldrabice mais ridícula.?

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.