Santos Silva – “O Tranquilo”

(Soares Novais, in A Viagem dos Argonautas, 08/11/2020)

10 pensamentos sobre “Santos Silva – “O Tranquilo”

  1. em relação ao aventura devia ir viver para um bairro de lata para se integrar de vez, em relação ao governo-só-ps-psd-il-chega-cds, que vão para áfrica ajudar os pretinhos, em relação somente à escumalha americana (cia e a outras), porque felizmente nos usa existem pessoas pacíficas, todos cá em portugal deviam saber que foram eles através do carlucci, que enfeitiçaram o 25º de ABRIL, através da encomenda do 25º de novembro, e depois tiveram a lata de assassinar à bomba, a cia claro, o carneiro, o adelino, e outras cinco pessoas, por suspeitas de tráfico de armas para o irão, o que invalidava os planos militares da capital americana, ou seja no meio desta salganhada toda, a conclusão que se tira, é que portugal nunca deve ser submisso como nação de nenhuma outra, aliada-mas-de-nações-pacificas.

  2. em relação ao termo república, não sei porquê, mas soa-me a FALSO, e a democracia é melhor não dizer patavina, (20), temos uma larga população de todas as idades, até os bebés, imaginem meus caros, pois é, eles já pensam, que felizmente sabe usar o miolo e não andam por ai a roubar o povo descaradamente com impostos e outras tretas, os governos sempre o fizeram em nome de quem? :P:D

    • Santos Silva, o Tranquilo.

      Tranquilamente à espera que o Vieira da Silva volte da feira de gado (SIC) onde se esponjam os cornudos da CGTP, da UGT e da CIP na concertação social.

      Tranquilamente à espera do julgamento do c. do José Sócrates m. para conhecer melhor-e-melhor a cidade de Évora, deliciar-me com a sua sopa de cação e, talvez, dar umas aulas na UE.

      Tranquilamente à espera que o Reino Unido tire Portugal da lista negra do Covid-19, ui!, acompanhar os desenvolvimentos teóricos da Terceira Via, o cão do Boris e os aposentos de Buckingham.

      Tranquilamente à espera do julgamento do Azeredo Lopes, do Fechaduras e do Navalinha, para conhecer melhor a Capital do Móvel.

      Tranquilamente à espera da tomada de posse dos camaradas Carlos César, do enteado Cordeiro e do filho do ex- e desejando que, daqui a 20 anos, consigamos formar outro governo nos Açores.

      Tranquilamente à espera que a Ana Gomes meta a boca no trombone sobre os camaradas do PS (antes o Marcelo assistir ao meu enterro do que ela, livra!).

      Tranquilamente à espera da morte política do Costismo, como faziam os velhos filósofos, como aguardo com emoção os dias de finados que assinalam a morte do Guterrismo e, em especial, do Socratismo, e ainda, quem sabe?, do Nunismo que com o Fernando Medina é certo não íamos a lado nenhum.

      Tranquilamente à espera?! Santos Silva, o Rolha… o Rolha Tranquilo.

      _______

      Obrigado Novais pela solidariedade, é dos carecas que elas gostam mais.

    • Os governos cobram impostos para que seja criada actividade económica que pague esse dívida e haja uma nação.
      Agora se é a actividade certa ainda vamos andar aqui a discutir até deixarmos de existir.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.