PS mais absoluto, PSD em queda livre. Aliança e Iniciativa Liberal podem eleger

(Anselmo Crespo, in TSF, 31/08/2019)


A descida ao inferno do PSD continua, mês, após mês. Na mais recente sondagem da Pitagórica para a TSF e para o JN, o partido liderado por Rui Rio volta a perder intenções de voto, desta vez, a favor do Aliança e do Iniciativa Liberal. PS dá mais um passo rumo à maioria absoluta….


Continuar a ler aqui: PS mais absoluto, PSD em queda livre. Aliança e Iniciativa Liberal podem eleger

2 pensamentos sobre “PS mais absoluto, PSD em queda livre. Aliança e Iniciativa Liberal podem eleger

  1. Esta sondagem é tão boa, mas tão boa, que nem sequer acerta nas percentagens de voto de 2015 na pergunta sobre a “transferência de voto”. Só 8% dizem que votaram no BE quando na verdade foram 10%. E uns extraordinários 39% dizem que votaram no PS quando na verdade foram só 32%. Ou seja, é o mesmo tipo de erro que se fazia nas sondagens de 2015, sempre para o mesmo lado.

    Tem também uma graça enorme os “jornalistas” afirmarem com toda a “certeza” que há “subidas” e “descidas” de intenções de voto em relação a partidos cujo total é INFERIOR à margem de erro. Ex: afirmam que o PAN desce, quando na verdade e única coisa que a estatística diz é que há 95% de certeza deste partido ter entre 1% e 6%, e ainda 5% de possibilidades do resultado estar fora deste intervalo.

    Isto é a farsa e a propaganda do costume. Eu há estou vacinado. É pena que a Estátua tenha publicado o link para tais disparates, sem sequer uma pequena análise crítica. As melhoras…

  2. Esta sondagem é tão boa, mas tão boa, que nem sequer acerta nas percentagens de voto de 2015 na pergunta sobre a “transferência de voto”. Só 8% dizem que votaram no BE quando na verdade foram 10%. E uns extraordinários 39% dizem que votaram no PS quando na verdade foram só 32%. Ou seja, é o mesmo tipo de erro que se fazia nas sondagens de 2015, sempre para o mesmo lado.

    Tem também uma graça enorme os “jornalistas” afirmarem com toda a “certeza” que há “subidas” e “descidas” de intenções de voto em relação a partidos cujo total é INFERIOR à margem de erro. Ex: afirmam que o PAN desce, quando na verdade e única coisa que a estatística diz é que há 95% de certeza deste partido ter entre 1% e 6%, e ainda 5% de possibilidades do resultado estar fora deste intervalo.

    Isto é a farsa e a propaganda do costume. Eu há estou vacinado. É pena que a Estátua tenha publicado o link para tais disparates, sem sequer uma pequena análise crítica. As melhoras…

Leave a Reply to Catlos Marques Cancel reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.