O drama da direita portuguesa – Dos coletes amarelos aos sorrisos amarelos

(Rodrigo Sousa Castro, 22/12/2018)

amarelo2

A Direita portuguesa, orgânica e inorgânica jogou todas as cartas numa espectacular movimentação de rua para demonstrar que a actual solução politica tinha caducada e era hora de preparar a mudança.

PSD e CDS, tais como pequenos grupos emergentes como o partido Aliança, o Chega do Ventura ou a Iniciativa Liberal, mobilizaram todas as suas esperanças, os primeiros através de subliminares e acanhados discursos de apoio públicos (não fosse o Diabo tecê-las, isto é não comparecer) mas contaram sobretudo com a indefectível propaganda dos grandes MIDIA, jornais e TV’s, numa exuberante demonstração de que através dos grupos económicos predadores dominam toda a comunicação social.

A poderosa e massiva campanha de lançamento desta operação não comoveu os portugueses e a rua ficou deserta, para desespero envergonhado de todos os incumbentes de Rui Rio a Cristas, de Santana a Ventura e Pinto Coelho.

A comunicação social, sobretudo as TV’s, confrontadas com o fracasso inesperado, puxaram pelos retardatários, exibiram sistemáticos planos fechados, multiplicaram os escassos manifestantes, lançaram títulos alarmistas, transformaram uma pisadela de calos em roubo de igreja e morte de homem, mergulhando assim ainda mais no lodo para o qual os seus profissionais, e alguns devem ser honestos, se deixaram arrastar ou foram empurrados.

A razão do fracasso parece ser simples e a Direita se quiser sobreviver tem que a entender: a solução politica actual, por escassa e mínima que seja é melhor que a anterior e, mais importante, é melhor e mais consistente do que promete o discurso vazio e de ideias gerais de Rui Rio ou que o discurso confrangedoramente demagógico de Assunção Cristas.

Ninguém de boa fé, trocará Centeno por um qualquer Gaspar ou Maria Luisa Albuquerque, nem Costa por uma qualquer Cristas. 

Desta operação fraudulenta fica o lamento patético do Rangel eurodeputado, que sem pudor culpou o governo e as forças de segurança pelo fracasso.

Que tenham todos um Bom Natal.

Anúncios

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.