O cubo de Rubik de Centeno

(Nicolau Santos, in Expresso Diário, 15/05/2017)

nicolau

A economia cresceu 2,8% no primeiro trimestre de 2017? Huuuuum…. O valor é melhor do que todas as estimativas que tinham sido feitas pelas diversas instituições? Huuuum, huuuuum…. É o melhor resultado desde o quarto trimestre de 2007, ou seja, há quase dez anos?! Essa é que não. Não pode ser! Há aqui de certeza engenharia, qualquer coisa por explicar. O Centeno, com aquela cara de santo, deve estar a adiar despesa ou a antecipar receitas ou, sei lá, foi à bruxa. De qualquer modo, o que ele está é a colher os frutos do Governo do Passos Coelho. Esse é que deixou o terreno preparado para este crescimento. Não fosse ele e ainda andávamos aqui todos a penar. Mas isto, com os socialistas, já se sabe: dois anos de fartura e depois lá temos de pedir outro resgate.

Como é que o Centeno faz isto? Devolve salários e pensões, acaba com a taxa extraordinária do IRS para quase todos os escalões e consegue um défice de 2?! Como é possível?! Então isto não ia só lá com os cortes em salários e pensões e aumento de impostos?

Estes resultados fazem-me lembrar o cubo de Rubik, que nunca consigo resolver. Como é que o Centeno faz isto? Devolve salários e pensões, acaba com a taxa extraordinária do IRS para quase todos os escalões e consegue um défice de 2?! Como é possível?! Então isto não ia só lá com os cortes em salários e pensões e aumento de impostos? Pelo menos, foi o que o Schäuble e o Dijsselbloem passaram a vida a dizer-nos e nós fizemos tudo o que eles disseram. Privatizámos tudo o que podíamos, cortámos todos os apoios sociais que conseguimos, reduzimos os direitos sociais, flexibilizámos o despedimento individual, o subsídio de desemprego passou a ser menor e mais curto, as indemnizações por despedimento são agora irrisórias e só não fizemos mais porque volta e meia lá vinham os tipos do Tribunal Constitucional dizer que esta ou aquela coisa é que não podia ser.

Agora estes fazem tudo ao contrário, revertem o que cortámos e mesmo assim o défice diminui para o valor mais baixo da democracia, como eles enchem a boca a dizer?! Um economista que nos explique isto, mas não pode ser o Gaspar, porque esse agora que está em Washington já vê as coisas de maneira diferente. Passou a ser adepto das politicas orçamentais inteligentes. Segundo ele, “uma política orçamental inteligente é aquela que valoriza o investimento público eficiente e facilita uma reforma estrutural”. E ele que se fartou de cortar no investimento público! E que fez disparar o desemprego para mais de 17%! E que nos fez penar durante três anos em recessão!

De qualquer modo, tem de haver truque. O Centeno faz-me lembrar um tipo que vi no cruzamento da Gulbenkian, quando os carros param no semáforo, e ele tem uma bola de vidro que faz deslizar pelo mão, pelo braço, pelo sovaco, pelo pescoço e aquilo nunca cai e ainda atira o chapéu ao ar e cai-lhe na cabeça! É de artista!

Eu sei, eu sei o que foi. O Centeno veio com aquela história de que tinha de devolver salários e pensões para fazer o consumo privado crescer e que isso é que ia suportar o aumento do PIB. Agora, o que se vê, é que nos enganaram a todos, porque quem está a empurrar a economia são as exportações e o investimento, como nós sempre dissemos. Sim, porque o que eles estão a aplicar é a nossa receita. E isso ninguém diz, a não sermos nós!

E depois aparece o Costa sempre com um ar muito satisfeito, ora em Fátima, ora no Estádio da Luz, ora a felicitar o Salvador Sobral, sempre a sorrir como se tudo fosse obra dele, até a canonização dos pastorinhos, o tetra do Benfica e a vitória na Eurovisão! Arre que é demais!

Mesmo assim, se olharmos bem para os números, isto vai correr mal. Se não for este ano é para o próximo. E mesmo este ano, os números estão martelados e nós não estamos a ver o que importa. A comparação que conta não é a homóloga, essa não interessa para nada. É em cadeia. A comparação em cadeia é que conta. E aí, oh lá, lá, aí cai o investimento e cai o consumo. Está-se mesmo a ver que isto vai correr mal já no segundo trimestre. E depois vai ser sempre a caminho do desastre. Ou melhor, do resgate. Tenho a certeza que nessa altura nos vem pedir de novo para tirar as castanhas do lume.

Mas até lá temos de perceber como é que o Centeno conseguiu resolver este cubo de Rubik.


Contactos do autor: Email

Anúncios

8 pensamentos sobre “O cubo de Rubik de Centeno

  1. Engraçado que quando o P.S. formou governo, no autocarro, ouvi uma senhora que em grande gritaria ia dizendo exactamente o escrito no 1º parágrafo “… pois, agora vem o PS esbanjar o que o que estes tiveram a poupar… e depois lá temos nós de arrumar a casa…”. de facto consegue-se arranjar teorias para tudo! mas felicito o actual Governo e a maioria que o apoia que, contra ventos e marés, vai conduzindo o barco a bom porto.

    Gostar

  2. Obrigado Nicolau não chega, é preciso dizer também que é o comentador mais isento do nosso país em matéria económica e com um amor á verdade dos factos, mesmo que não agrade a alguns na área em que trabalha, é o jornalista mais credível que temos, o que faz com que ainda acreditemos nalguma imprensa que não aposta só no «deita abaixo», como verificamos quase diariamente e que muito prejudica o nosso maltratado país.

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s