Von Der Leyen a morder a lingua!

(Pierre Olivier in jeune-nation.com, 16/05/2022)

(Publico este texto porque ele revela a estupidez da Comissão Europeia e da dona Úrsula. As sanções servem apenas para roubar os haveres da Rússia e dos seus cidadãos, e para a comunicação social continuar a enganar o público. A Europa está atada de pés e mãos à energia russa, mas também está amarrada às ordens que vêm da NATO e dos EUA. E quando as amarras entram em conflito o resultado só pode ser a destruição do amarrado. É o que está a suceder e vai concluir-se nos tempos que aí vêm.

Estátua de Sal, 18/05/2022)


Segundo a agência Bloomberg*, 20 empresas europeias já abriram contas no GazpromBank para pagar o gás russo convertendo euros em rublos. Outros 14 clientes solicitaram os documentos necessários para as abrir. E 4 já fizeram o pagamento em rublos!

De fato, o tempo está se esgotando, os prazos de pagamento dos envios de abril, para os principais compradores da Europa Ocidental, estão a aproximar-se este mês.

Em 11 de maio, o primeiro-ministro italiano chegou a anunciar que a Alemanha já havia começado a pagar o gás russo em rublos. Além disso, os gastos alemães com importações de bens da Rússia aumentaram 77,7% em março (ou 4,4 bilhões de euros). E seus números são impulsionados pelo aumento dos preços do petróleo e do gás…

A Comissão Europeia de Von Der Leyen está a morder a lingua. Mas, para não parecer ultrapassada pela realidade, a Comissão anuncia que elaborou um plano para comprar gás da Rússia que não viola as sanções. O órgão executivo da UE, numa reunião à porta fechada, permitiu que os governos dos países europeus abrissem contas em rublos no GazpromBank para a compra de gás russo.

É o Rei Ubu: a Comissão anuncia que autoriza as empresas a contornar o seu próprio embargo ao novo sistema de pagamento de gás desenvolvido pela Rússia!

A União Europeia é, portanto, forçada a permitir que os importadores de gás violem as suas próprias sanções ao comprar combustível na Rússia, atendendo às exigências de Vladimir Putin de usar o novo sistema de pagamento : abrir uma conta no GazpromBank. Este último recebe os pagamentos na moeda do contrato (euros, dólares, yuans, etc.), converte-os em rublos e os transfere para a Gazprom.

Para não perder a face, a Comissão espera que as empresas de gás façam uma declaração clara de que consideram cumpridas as suas obrigações quando pagam em euros ou dólares de acordo com os contratos existentes.

Longe vão todas as declarações dos líderes dos países da UE, num discurso de “grandes machos”, afirmando que “não pagariam o gás russo em rublos”. Hoje todos esses charlots preferem não comentar a situação para que esta não pareça uma capitulação em toda a linha frente ao mestre do Kremlin.

Original aqui


  • Nota – A Bloomberg é um grupo financeiro americano especializado em serviços para profissionais do mercado financeiro e em informações económico-financeiras tanto como agência de imprensa quanto diretamente, por meio de diversos meios de comunicação.

Gosta da Estátua de Sal? Click aqui.

9 pensamentos sobre “Von Der Leyen a morder a lingua!

  1. As lideranças europeias constituem uma turma de maus alunos; não têm capacidade de discernimento. Replicam aquilo que lhes é transmitido do outro lado do Atlântico, aceitando tudo o que lhes é definido pelo Blinken e, tendo como correio o tosco Stoltenberg.

    • A santa e secular UE quer fazer-nos comer produtos tóxicos, como a água da UE..A Europa só existe em mentes doentes, contaminadas pela sua ideologia: não é nem uma tradição, nem uma organização democrática, muito menos uma nação, muito menos um desejo dos povos que a compõem. Na realidade, é apenas um grande mercado comum de nações com interesses divergentes.
      Uma vez admitida esta realidade, é muito fácil compreender que continuaremos a ser uma colónia americana por muito tempo, com líderes que estão sujeitos à boa vontade militar, financeira, cultural, sanitária,… do Tio Sam.

  2. Para onde vão os meus 75 por cento de tributação, imposto, ……..?
    Vai para financiar o bem-estar social, a política familiar e a imigração em massa!
    Desde os anos 2000 tenho assistido à degradação dos nossos serviços públicos, apesar da pilhagem crescente dos nossos rendimentos. Num país onde é melhor aumentar os mínimos sociais e outros benefícios em vez de melhorar o nível de certas pensões e salários, os governos preferem comprar a paz social do país.
    Já não me surpreende, portanto, ver para onde vai o país.

    O Povo confinado,
    O Povo assaltado,
    O Povo listado…
    Mas o Povo deve LIVRE-SE a si próprio…

    E agora, The Show Must go on…

    Em busca da vacina, desesperadamente…
    mais um arlesiano…
    E eles “ordenam-nos” que abundemos até à raquete.

    Sem mim!

    É agora evidente que a Europa, os seus tecnocratas e as suas políticas são inúteis.
    A ideia do LIONS Club nos anos 80, que foi importado dos EUA e financiado originalmente por doenças genéticas, foi “roubado”. Assumir esta ideia pela Europa mostra a incompetência de todos estes “notáveis” que não têm qualquer contacto com a “vida real”.

    Úrsula, a Pôncio Pilatos do século XXI, que nos mostrou como lavar as mãos ao som de Ode à Alegria, já era muito forte. Depois faremos uma eurovisão no youtube com uma mulher com barba e um transexual num vestido de noiva imaculado…Não vamos desistir de nenhum dos métodos de fazer dinheiro nas costas dos bobos que se provaram a si próprios. Não mudes nada Ursula, está tudo bem.

    Poderia ser o filme do jogo da fome distópico (ou melhor, antecipatório).
    Em qualquer caso, esta cena quase parece ter sido retirada do filme.
    Dito isto, as recentes “descobertas” em Mariupol deverão abalar as coisas em breve.

    A Sra. von der Hiena toma decisões que não são absolutamente da sua competência, e os Chefes de Estado europeus estão a deixar que isso aconteça sem dizer nada, e até a encorajar, porque sabem que isso os libertará de qualquer responsabilidade em caso de problemas, seguindo o adágio habitual “não sou eu, é a Europa”.
    Esta dissolução de todos os poderes numa tecno-estrutura sem qualquer responsabilidade, tudo num silêncio ensurdecedor, é simplesmente fascinante.

    Acima de tudo, o que é grave é que a informação “media” deve alertar/despertar a população para o perigo representado por esta gente e especialmente para o pouco interesse que têm por eles.

    Infelizmente, a Carta de Munique já não existe e o último repórter dinossauro já não tem voz para informar as pessoas lobotomizadas pelos canais de desinformação.

    Lamento ser pessimista,t, e isso entristece-me, mas temos de enfrentar a realidade: “Já é demasiado tarde, E TUDO O QUE É PERDIDO”.

    Receio que tenhamos de esperar até chegarmos ao fundo do pântano antes de podermos subir à superfície.

    Cruella Von Der Leyen tem sido um apêndice de uma família rica desde cerca de 1700. Castelos aqui, castelos ali, fugiram do governo alemão devido à corrupção e encontraram refúgio na UE. E é bastante legítimo colocar tal mulher à frente dos estados subjugados da Europa. A UE nunca teve a intenção de unir os povos, mas de realizar pacificamente o que Adolf H não conseguiu fazer pela guerra. E os vencedores estão em ordem:
    1ª ex aequo: eua Israel
    3ª Alemanha

    Esta mulher, que (de acordo com várias fontes, muito provavelmente… ) recebeu cerca de 270 milhões de dólares em retrocomissões + um lugar de Co-Director numa Empresa Americana de Bio-Tecnologia (sub-subsidiária da PFIZER) para o seu marido (ex-Doutor de uma pequena clínica alemã), tudo isto como agradecimento por ter ela própria tratado directamente e à porta fechada com Albert Bourla, um contrato para a compra de 3,8 biliões de doses de mRNA Vacina Pfizer em nome da UE, esta mulher está “Totally Out of the Ground” …
    3,8 biliões de doses do chamado “Vacina experimental”… para apenas 440 milhões de pessoas na UE…
    São cerca de 9 doses por habitante, o mesmo para crianças e bebés pequenos… O cheiro de $$$$ faz-nos perder o auto-controlo… provavelmente como o cheiro de sangue para tubarões com dentes afiados…
    Uma impressão de predadores ou necrófagos a banquetearem-se em montanhas de cadáveres emerge de toda esta cena feia de teatro político digno de uma tragédia grega…
    Em vez de enviar 1 bilião de Euros de Ajuda Alimentar, Medicamentos, soluções de salvamento, planos concretos de negociação para obter um ou mais compromissos no objectivo final de uma Paz para salvar as populações de língua ucraniana e russa, apanhadas entre 2 Fogos, o dos líderes de Kiev co-pilotado pelos EUA isto com voracidade desde 2014, e o da Reacção da Rússia levada ao limite desde 2014 depois dos 15 anos. Para além das 15.000 vítimas civis inocentes em Dombass, em breve haverá mísseis americanos prontos para serem colocados quase debaixo das cercas de Moscovo…

    Bem, Von der Layen (significaria “La_Hyene” uma vez traduzido para Nova-Lingua…) envia “em nome da UE”, por 1 bilião de euros de armas para a Ucrânia para que esta Guerra dure, dure e dure por muito tempo… fazendo sempre e ainda mais mortes ….
    E os nossos “politicos” ainda nos falam da “Europa” como um “Graal” que brilhará e encantará o nosso futuro… ???
    Nos anos 90, fomos vendidos, e passo a citar:
    “A Europa é Paz”…
    Tretas!!! A “Europa” em toda a sua abjecção está diante dos nossos olhos assustados, e eu pessoalmente temo o pior: nomeadamente que no final estes energúmenos de Bruxelas que dirigem a UE, e que estão mal intencionados (e é preciso dizer…), nos arrastarão para uma guerra devastadora muito mais longa do que alguns meses, e da qual o nosso Povo levará anos a recuperar, se é que recuperará de todo…

    Esta proibição será uma grande brincadeira. O petróleo será vendido a um país terceiro e depois revendido a países europeus (com uma margem). Foi isto que o Irão fez após o embargo dos EUA. Não há alternativa ao petróleo russo (excepto enviar os preços para o céu alto).

    Os líderes europeus estão em posições ridículas. A Polónia recusa-se a pagar em rublos mas continua a comprar gás russo através da Alemanha em euros. Do lado russo, há mais gás a fluir para a Europa do que antes da crise.
    Em suma, os eurocratas estão a ladrar, a Rússia está a rir.

    A economia europeia vai sofrer e isto está previsto nos planos.
    Tudo está a ser organizado para reduzir a actividade e criar um clima de conflito e revolução entre o povo. Conflitos externos e conflitos internos, o caos instalar-se-á, a população mundial será reduzida e o grande reset virá para nos salvar…

    Tudo no nosso ambiente demonstra, para aqueles que estão dispostos a abrir os olhos, a convergência dos meios utilizados para este objectivo final. Desestabilização dos Estados soberanos (legislação supranacional, apoio ao terrorismo, corrupção de líderes), captura da riqueza privada e pública (privatizações forçadas, venda de empresas estratégicas), supressão de moedas fiat, escuta e vigilância das populações (rede Echelon, redes de satélites, exploração de IA e dados, FaceBook, Google e outros), armas psicotrónicas (energia dirigida), eugenia, geoengenharia (manipulação climática com o programa HAARP), intoxicação generalizada do solo (pesticidas), ar (chemtrails), mar (poluição maciça por mercúrio e plástico (PFAS)) e finalmente toda a cadeia alimentar, doenças que resultam e explodem (trissomia, autismo, cancros, doenças auto-imunes), guerras e genocídios, destruição de religiões e valores tradicionais, nivelamento por baixo da educação, desmantelamento dos serviços públicos (SNCF, escolas, correios, hospitais), degradação dos bens comuns (fauna, flora, água, ar ), patenteamento da vida, divisão e oposição das comunidades, crédito social (para os europeus, o passe é um primeiro passo), desintegração da unidade familiar, promoção de estilos de vida alternativos (LGBTQ) e mudanças de sexo.

    A Rússia avisou os EUA e os seus aliados da NATO que estavam a “alimentar” o conflito e que poderia haver “consequências imprevisíveis”. Washington e os seus aliados da NATO não estão a ouvir, deveriam saber que a Rússia não está a fazer bluff. O que acontecerá se isto continuar?

    Acredito que a Terceira Guerra Mundial está mais próxima do que nunca, então porque é que Washington quer esta guerra em primeiro lugar?

    Bem, uma vez que a economia dos EUA está em colapso com tensões crescentes entre liberais e conservadores e um aumento da criminalidade violenta a varrer o país, seguido de um influxo de imigração ilegal nas suas fronteiras do sul, Washington falhou a todos os níveis.

    Isto leva ao que Gerald Celente disse: “Quando tudo o resto falha, eles levam-te à guerra! Dado o rápido declínio do império americano, a citação de Celente não deve ser tomada de ânimo leve nestes tempos perigosos. A guerra está a chegar em breve; os tempos serão muito diferentes, por isso preparem-se para o pior.

  3. Mais depressa se apanha um mentiroso……….

    La Russie n’exige absolument pas le paiement du gaz russe en roubles…
    par Pierre Olivier 1 avril 2022 dans Actualité française, Actualité internationale 14
    La Russie n’exige absolument pas le paiement du gaz russe en roubles…

    Vladimir Poutine a signé hier 31 mars 2022 le décret sur le commerce du gaz russe avec les pays qui lui sont hostiles et qui ont pris à son encontre des sanctions dont notamment le gel des avoirs russes dans les banques occidentales. Mais contrairement aux affirmations des médiats et des gouvernements atlantistes qui relèvent quasiment de la désinformation éhontée, il ne s’agit pas du tout d’une obligation de paiement de la fourniture du gaz en roubles !

    La Russie exige seulement à partir du 1er avril que ceux qui achètent du gaz le paient dans la monnaie de leur choix (donc éventuellement en dollars, en euros, en yuans ou en roubles…), mais non pas vers un compte bancaire de Gazprom dans une banque située en Europe, aux États-Unis ou à l’étranger mais directement à Gazprombank, en Russie.

    Aussi simple que cela. Ensuite, ça ne regarde plus le client final : Gazprombank convertit elle-même l’argent en roubles, et transfère ces roubles sur les comptes de Gazprom dans la même Gazprombank (banque qui lui appartient, par ailleurs).

    Seulement un nouveau circuit de paiement du gaz
    Techniquement donc, les clients du géant gazier Gazprom ouvrent un compte auprès de la Gazprombank russe, les paiements y seront reçus en devises étrangères, convertis au taux de change de Moscou et transférés sur les comptes de Gazprom dans la même Gazprombank, où ils seront reçus à titre de paiement.

    Ainsi, la Russie exige simplement que l’argent en devises étrangères lui soit envoyé directement sur son sol, dans les banques russes, et non plus en dépôt dans une banque étrangère où les fonds sont susceptibles d’être gelés et donc pris en otage au nom des sanctions occidentales décrétées contre la Russie. Et Gazprom est bien finalement payée en roubles.

  4. Comentário catastrófico que não aborda o cerne da questão: a guerra, a devastação provocada, a miséria, os milhares de mortes civis gratuitas e desnecessárias!

Leave a Reply to Vitor Lima Cancel reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.