“Mulher acusa Polícia de agressões” – pequena amostra de comentários online num país sem racismo

(Isabel Moreira, in Expresso Diário, 22/01/2020)

(Se calhar a outra, a dos Santos é que tem razão. Se vemos uma negra a andar de iate, sobe-nos a inveja à cabeça, e queremos-lhe ficar com o barco. Se vemos uma negra a falar alto e a barafustar – tenha ou não razão -, vamos-lhe logo à cara.

Comentário da Estátua, 22/01/2020)


“O motorista teve necessidade de chamar a polícia imagine-se o nível de simpatia que foi a senhora, foi igualmente simpática para a polícia. A amiga só filmou o que lhe interessou. Aposto que já ia acompanhada por um advogado. Verdadeiros profissionais da insinuação e indemnização”

“A senhora tem hematomas? Ups foi para a zona dos bares com a filha bebeu uns copos a mais e caiu, por amor à Santa”

“Olha eu acredito, e é assim que elas fazem para armar confusão”

“A nossa comunicação social está cada vez mais a gerar ondas de racismo com estas imagens. Quantos brancos também são agredidos e quase nunca mostram as imagens e quantos agentes de autoridade também são agredidos por pessoas de cor e também não mostram as imagens? As leis foram feitas para se cumprir se não se cumprem há que responsabilizar. Deixem-se de racismo o povo Português até é bem calmo”

“Vamos ter mais respeito pelas autoridades e todas as estações de TV até gostam disto, até dá ideia que já estava alguém ali à espera que se passasse alguma coisa para filmar”

“Eu fico admirada pois não acredito que estas coisas aconteçam assim por uma coisinha qualquer !!!???? Fico com pena e que quando agridem os nossos policiais não exista ninguém que partilhe as agressões… esta gente são todas /Santas… há muita forma de ganhar dinheirinho… Santas e Santos somos muitos de nós que o dinheiro tem sido ganho com o suor do nosso rosto… neste mundo não falta quem provoque quem trabalha pois os que trabalham não podem gastar os míseros ordenados na justiça para andar a pagar a advogados através de impostos para defender muita gente… que não merecem… eu nunca fui ofendida por nenhum polícia nem GNR!!!??? Imagino se me visse a ser mordida à dentada!!??? Já pensaram que hoje em dia as doenças contagiosas!!!?? Se eu fosse ao polícia exigia já análises ao sangue”

“Para variar a comunicação social a enterrar as nossas forças de segurança. O que acho estranho é que as pessoas quando se veem aflitas chamam a PSP ou GNR”

“Está Sra. Não pagou bilhete para a filha esta Sra. negou-se a sair do autocarro esta Sra. mordeu o polícia várias vezes arranjou o várias vezes, que exemplo estava ela a dar à filha andando no transporte público sem pagar e morder a um polícia arranhando-o? Coitadinha só mostra o resultado final e as imagens do polícia agredido? LOL tenha vergonha”

“É triste, mas as pessoas não sabem k se nos transportes públicos eu na carris no 50 vejo muita coisa certas pessoas de cor principalmente os jovens entram não pagam gozam com o motorista e querem lugar sentados acho k deviam de ouvir as duas partes para não passarem coitadinhos”

“Se o policia fosse da mesma cor que esta senhora nem vídeo havia… para mim a autoridade não é ela… e pelas imagens bem vejo ela a resistir… já nem falo do propósito de não haver inicio do filme… mas claramente é racismo contra o policia que fez o seu trabalho sob pressão de alguém a filmar a resistência de alguém que é infrator…”

“Deixem-se de tretas e cumpram as regras como o resto da população”

“São notícias que só servem para denegrir os nossos agentes de segurança, devia ser proibido estas publicações”



Advertisements

27 pensamentos sobre ““Mulher acusa Polícia de agressões” – pequena amostra de comentários online num país sem racismo

  1. Ora bem, naturalmente o problema foi a senhora resistir, invés de se resignar à condição de saco de pancada. O Netinho explica.

    • Claro.

      Que o condutor do autocarro estava lá para se deixar bater e o policia para se deixar morder, e a senhora só paga o bilhete se lhe apetecer.

      Num caso de agressão mútua vocês porem-se automaticamente do lado de quem não for branco é a prova que VOCÊS são racistas.

      • Naturalmente, se alguém arranja confusão e me agride só para aparecer na televisão a única resposta possível é mandar a outra pessoa para o hospital.

        • Claro ó paulinho.

          Acredito mesmo que se te morder tu respondes com beijinhos e ainda dás a outra bochecha a morder.

          És uma nova versão do Jesus Cristo pá.

          • Até para um ateu anti-ICAR, antes Jesus Cristo do que Peixoto Rodrigues. Basta acreditar num estado de direito democrático.

                • Todas as organizações de esquerda e mesmo algumas de centro e direita ligadas ao politicamente correcto são rotineiramente racistas contra os cidadãos brancos.

                  A PSP não é racista contra os negros. Até conheço uma chefe de esquadra negra.

                  Neste caso não ouve qualquer espécie de racismo da parte da PSP.

                  O policia limitou-se a usar a força porque uma meliante resistiu pela força á detenção e ele próprio ficou ferido.

                  Se mais tarde no carro abusou da autoridade isso o inquérito o estabelecerá. Mas mesmo que o policia seja culpado isso não implica que seja racismo, porque ao ser agredido pela meliante é motivação suficiente para ele próprio depois cometer esse crime por vingança sem que seja preciso inventar racismo do polícia.

                  Neste momento não sabemos s eo policia de facto a agrediu no carro

                  É a palavra dela contra a dos policias e não, a palavra dos negros não vale nem mais nem menos do que a dos brancos.

                  Para um racista como você é difícil perceber isto.

  2. Este artigo é a melhor prova que esquerda é racista contra os brancos.

    Num caso de agressão mútua colocam-se automaticamente do lado da pessoa que for de cor e acusam automaticamente de racismo quem discordar.

    Isto é uma campanha racista de incitamento ao ódio contra o povo português.

    Depois venham com conversas que gostam muito dos trabalhadores e tal.

    Tanto o condutor como o policia são trabalhadores e vocês não hesitam em sacrificá-los á vossa agenda racista.

    O caso ainda está a ser investigado, mesmo que o policia seja culpado não quer dizer que seja racista que brancos agredidos pela policia é o que mais há, mesmo que haja pessoas a favor do policia e do condutor isso não quer dizer que seja racismo porque há razões a favor deles. Por exemplo a senhora tem um historial de violência anterior, até o marido apresentou queixa contra ela por ela o tentar matar e o policia também apresenta ferimentos

    Mas a esquerda nem precisa de investigação nem de comparar razões. Decide logo á priori favor de negros e ciganos contra brancos seja qual for a situação.

    Para o esquerdista só interessa a cor.

    CAMBADA DE RACISTAS.

    • Engraçado, um artigo que critica os comentários que escolhem um lado está a incitar ao ódio, já os comentários a dizer bem feito nem um lado estão a escolher, nem há problema nenhum em passarem a sentença.

      • Ó paulinho.

        Num caso em que uma pessoa se recusa a pagar bilhete num transporte público, ameaça de morte o trabalhador dos transportes, se recusa a identificar e ainda morde o agente da autoridade? Com o pormenor de ter um passado de violência?

        Se em vez de preta fosse uma loira a ameaçar de morte um condutor preto e a morder um policia preto você estava contra ela e gritava que era racismo.

        Vocês escolhem o lado pela cor da pele, não passam de racistas.

        Já eu manteria o que digo seja qual for a cor dos envolvidos.

        Quanto ás alegações da senhora que depois terá sido espancada no carro patrulha estão por provar e só o inquérito o dirá, porque não há testemunhas.

        Mas se ficar provado sou o primeiro a achar muito bem que o policia TAMBÉM seja castigado.

        É a diferença entre os comentários entre a maior parte das pessoas que estão contra vocês e vocês.

        É que vocês são mesmo racistas.

        • E eu por acaso disse que era um caso de racismo, quanto mais exclusivamente de racismo? Ao contrário do Pedro e dos comentadores, eu nem disse que sim, nem disse que não.

          • Claro ó paulinho.

            Num artigo que declara automaticamente que quem estiver do lado do trabalhador dos transportes e da autoridade é racista e logo que os brancos envolvidos são racistas, você limita-se a concordar… Sem dizer a palavra.

            Você não precisa de invocar o racismo, você é um caso de racismo.

            • Sim, são comentários perfeitamente razoáveis que nem fazem questão de mencionar a etnia. E é tudo sobre o condutor, nada sobre o polícia com treino especializado em não fazer burrada e as suas associações pessoais, certo.

              • – A etnia são so racistas de esquerda que a trazem sempre para o caso.

                Depois acham-se espertíssimos por as pessoas que não concordam com as vossa difamação racista dos cidadãos brancos se terem de referir necessariamente á etnia para se defenderem dos vossos insultos racistas, concluindo vocês que é racismo porque só vocês podem falar em etnia (constantemente).

                Este caso nada tinha a ver com etnias, tratou-se apenas da detenção de uma desordeira que vocês capitalizaram para a vossa propaganda racista com a população branca nativa.

                Foram VOCÊS que como SEMPRE trouxeram a raça para o caso.

                – O treino da policia não lhes permite decerto garantir que ninguém se alija quando são obrigados a usar a força.

                Como é que você domina uma pessoa que resiste agressivamente á prisão agredindo a polícia?

                Com o poder da mente?

  3. Agressões sociológicas

    Quem mordeu, quem não mordeu
    Quem bateu, quem não bateu
    Quem era branco, quem era negro
    Quem tinha autoridade, quem não tinha
    Quem tem razão, quem não tem razão
    O que aconteceu, o que não aconteceu
    ??????
    E agora
    Soma-se, ou subtrai-se o acontecimento
    Em que prato da balança cabe a agressão
    À esquerda, à direita
    Quem é negro (a, quem é branca (o
    Em que país, em que cidade
    Em que época
    Quem vai ganhar, quem vai perder
    O que é que diz a população
    A imprensa e os mandantes da nação
    …. Eu deixei fazer e perdi!

    Franco Xisto

    • Talvez uma coisa tão simples como ouvir imparcialmente as duas partes sem partir do pressuposto que todos os brancos são maus e racistas.

      É que esse é um pressuposto racista.

  4. O cinismo da esquerda neste incitamento ao ódio contra a maioria da população já me faz duvidar do seu suposto amor aos trabalhadores.

    Ora está a elogiar o povo ora o está a difamar a dar a entender que o povo é nazi.

    Tudo isto é muito estranho.

    Afinal quais são so vossos VERDADEIROS objectivos?

  5. Não tem a ver com a cor da pele, tem a ver com ser suspeito de atividades criminosas. José Sócrates é negro? Duarte Lima é negro? O sobrinho de Jerónimo de Sousa é negro?

    Senhores da Esquerda, um conselho: dediquem-se à luta de classes, como fazia Álvaro Cunhal, e deixem de inventar racismo onde ele não existe, e outras causas fraturantes, que só ajudam a extrema direita a crescer!

    • Eu sou contra o racismo e a favor de causas fracturantes.

      Sou a favor da legalização de filhos de imigrantes, sou pela eutanásia, contra a tourada, até certo ponto até sou por cotas raciais para compensar discriminações passadas que se facto existiram e constituem um factor de atraso para as comunidades não brancas.

      Mas precisamente por ser contra o racismo sou contra estes racistas cinicos da esquerda.

      Estes gajos ignoram ostensivamente todos os casos de agressões contra brancos e fazem o máximo de publicidade e atribuem imediatamente a racismo qualquer agressão ou o mínimo problema que um negro tenha.

      Não interessa que a verdadeira razão seja copos ou gajas, ou até que o preto tebha batido primeiro, para o esquerdista racista a única razão admissível para um conflito entre um preto e um branco tem de ser sempre a maldade do branco.

      O resultado é uma ideia fake de que está a haver uma perseguição massiva contra a raça negra, com o consequente despertar de ódio racista contra a raça branca.

      Assim como sou contra os racistas skinheads assim sou contra estes racistas de esquerda.

      • Ultrapassa em muito o problema do julgamento em praça pública.

        É uma campanha orquestrada pela esquerda para criar uma guerra racial.

        Todos os casos de conflito entre um preto e um branco são usados por estas forças políticas para uma campanha caluniosa contra o povo, que pretende fazer crer que todo o português branco é um SS à paisana, logo um alvo a abater.
        Isto é incitamento ao ódio racial.

        Ainda hoje um trabalhador daquela empresa de transportes foi espancado em “represália” pelo sucedido.

        Este crime devia ser imputado criminalmente a esta porca racista da Isabel Moreira que está a incitar ao ódio contra o povo.

          • Os direitos e deveres estão muito.bem estabelecidos.

            Se um cidadão é interpelado pela policia e lhe é pedida a identificação deve obedecer.

            Se não obedecer a polícia procede á detenção. Se a pessoa resiste á detenção a polícia usa a força para a deter.

            É assim em todos os estados organizados.

            O problema é que quando o meliante é negro ou cigano os racistas como você acusam a polícia de racismo, como se pudesse haver raças especificas acima da autoridade do comum dos mortais.

  6. Aqui vejo o mesmo ! Jornalixo !
    Vivemos intoxicados com “casos” que pretendem fazer dos portugueses o que eles não são.
    Alguns portugueses brancos são racistas , alguns portugueses pretos são racistas ! Pois são.
    É só isso.

  7. “Ao perceber que a mulher não iria abandonar a viatura, o motorista começou a ofendê-la e a alguns dos passageiros no autocarro,;. “vocês, pretos, macacos, ficam aqui a encher o nosso país. estamos fartos de vocês. vão embora para a vossa terra”, terá dito alegadamente o condutor, o que despoletou revolta nos passageiros,” segundo a versão da Claudia Simões.

    Agora querem fazer crer que um motorista sozinho com um passageiro agressivo e os restantes em conluio numa zona problmática vai usar expressões daquele tipo??? Não brinquem nem gozem com o pessoal.

    • A própria arguida confessa que o motorista interpretou mal quando ouviu que ela estava a planear juntar comparsas para o agredir.

      Diz ela que estava a planear fazer isso a outra pessoa e que o motorista ouviu e julgou que era para ele !!!!!!!

      Entretanto ele foi mesmo espancado ficando ferido com gravidade!!!!!

      E o esquerdallho apenas pelo cor da pele dela põe-se em massa do lado de uma meliante destas traindo os trabalhadores como o motorista e o policia que apenas fizeram o seu trabalho.

      Cambada de racistas de esquerda!

Responder a Fernando Oliveira Cancelar resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.