Obrigado Dona Cristas

(Por Estátua de Sal, 17/10/2017)

assuncaox

O CDS diz que vai apresentar uma moção de censura ao Governo, na sequência da catástrofe provocada pelos fogos que assolaram o país nos últimos dias. Obrigado, D. Cristas. Se o ridículo pagasse impostos a Assunção seria uma contribuinte VIP.

A direita anda tão assanhada a explorar a desgraça alheia para criar alarmismo, pânico e desespero pelo país, que nem nos três dias de Luto Nacional que o Governo – e bem -, decretou em homenagem às vítimas dos fogos, concordou em interromper os trabalhos da Assembleia da República.

O choro dos familiares das vítimas, e dos muitos que perderam os seus haveres, não comove a comandita da direita. Não, eles – quais vampiros -,  querem sangue, o sangue de Costa, o sangue da Ministra da Administração Interna, para temperar os cadáveres das vítimas.

E na orquestração da peça dantesca em que navegam têm a prestimosa colaboração das televisões, soprando nas imagens que emitem chamas já apagadas. Passámos hoje, todo o dia a ver imagens de chamas que já não existem porque foram já apagadas pelas chuvas que caíram esta madrugada. Mas eles querem fogo, chamas e espectáculo de destruição que só interrompem para passar a menina do Trivago e outros anunciantes que tais que lhes pagam a broa. E quando não é do fogo, directamente, que falam, é da contabilidade dos mortos. A SIC interrompe sempre que mais um morto é referenciado: parece que tem um cronómetro necrófago ligado ao écran para dar conta ao milímetro do avanço da tal contabilidade macabra.

Tentar fazer aproveitamento político de toda esta desgraça que atingiu o país é uma torpeza e uma infâmia que que só desonra e desmascara aos olhos dos portugueses quem a promove. Quando o país, em uníssono, se devia agregar contra o infortúnio, chorar os mortos e tratar dos vivos – como em tempos disse o Marquês de Pombal, aquando do terramoto de 1755 -, o que vemos é que as forças políticas da direita cavalgam a desgraça alheia fazendo dela arma de arremesso político. Os arautos desta direita indigente, não são miseráveis, porque na miséria ficaram sim os que tudo perderam nos incêndios, mas são eticamente miseráveis nos seus comportamentos e opções.

Acresce que, sendo unânime entre os especialistas, que o problema da proliferação de eucaliptos é uma das causas mais marcantes na ocorrência de incêndios, e tendo Assunção Cristas, titular que foi da pasta da Agricultura no anterior Governo liberalizado totalmente o plantio de eucaliptos – para gáudio do lobby das celuloses -, devia Assunção ter vergonha na cara – que não tem -, quando cavalga os fogos que ela própria ajudou a atear.

Mas, ainda assim, o tiro deverá sair-lhes pela culatra. Se tensões existissem dentro da Geringonça – e acreditamos que sim -, elas irão ser de imediato sublimadas no apoio que à esquerda irá ser dado previsivelmente ao Governo, aquando da votação da dita moção de censura.

Deste modo, ó Dona Cristas, a Geringonça agradece, reconhecidamente, a sua moção. Não há nada melhor para reforçar um casamento enfraquecido do que a aproximação de um inimigo comum a pôr as garras de fora.

Anúncios

5 pensamentos sobre “Obrigado Dona Cristas

  1. Meu caro Estátua, não é a direita que é torpe e indigente! É o capitalismo em agonia já há 10 anos que ainda consegue experimentar alguns espasmos qual moribundo ligado a máquinas, espasmos esses que se manifestam/traduzem nas evacuações fedorentas saídas da boca desta gentalha.
    Sabemos todos (ou os que sabemos, pois muitos dos “de baixo” aqui não chegam porque nem os lusos mé(r)dias “vozes do dono” lho permitiriam) que nas estruturas e super estruturas de todos os organismos, incluindo obviamente a Proteção Civil, estão colocados os amigos e correligionários dos “do arco” que se apoderaram ao longo dos 40 anos dos destinos da Nação, quantas vezes nomeados em paridade, e que, se alguns até se prestaram já a inventar suicídios por falta de apoio psicológico como forma verbal de atacar a Geringonça, quantos dessa seita não estarão ligados, directa e ou indirectamente às milhares de ignicões contabilizadas, assim como no boicote activo ao funcionamento normal dos meios de prevenção e de socorro, sempre no intuito de minar o Geringonçado Governo do partido dito socialista.
    Acresce ainda, ou pode acrescer, a inexperiência e até alguma ingenuidade política dos membros do executivo escolhidos para os cargos que, no seu mais puro estado de alma de oriundos de um Povo de brandos costumes, ou sereno como lhe chamou certo dia o Sr. Almirante da fumaça, jamais irão desconfiar dos “democratas” que comandam ou que deles e delas dependem hierarquicamente: lembremos o caso de um “democrata” desses, e também um dos CEOs afamados, que fez a vida negra ao bom Centeno, com uns SMSs que o burguezote do fiscalista teria sacado do telemóvel do dito CEO quando, ao que foi insinuado, estariam ambos, CEO e fiscalista em suposto ambiente de intimidade, para, este último, na sua qualidade de também Conselheiro de Estado, os ter ido meter no c……….. do PR! (as reticências anteriores deverão ser substituídas por “onhecimento”, tá!?!?!
    Por isso, caro Estátuadesal, não se esqueça nunca que o capitalismo funciona assim mesmo: num vale tudo para se reproduzir!
    Abraço do
    aci

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s