Vamos ajudar a Maria de Assunção (a Cristas)!

(Joaquim Vassalo Abreu, 05/02/2017)

assunc3a7c3a3o-cristas-orar-e-mais-orar

 

Como bem notam, não “da “, mas “de”! Ora este “de” só pode querer dizer “por”! Isso mesmo: Maria por Assunção. Ou por outra: Maria antes mesmo de o ser!

Ora isto faz todo o sentido quando olhamos para os nomes dos seus filhos: dois rapazes e duas raparigas. Tudo bem e tudo normal, dir-me-ão. Sim, mas o pequeno grande pormenor, é que todos são Marias! Eles João Maria e Vicente Maria e elas Maria do Mar e Maria da Luz!

E fez-se-me luz! Eu não sei se ela tem apartamento ou vivenda (deve ter vivenda), mas se esta tiver, na entrada deverá ter aposto o óbvio e em azulejo azul e branco: “Casa dos Marias”! Porque “Da Graça” só há um: o marido! Mas este é “da” Graça e não “de” graça”, assim como a Uber! Compreendem? Claro que sim…

Portanto, depois destas minhas ingénuas observações (e já passo por cima do facto de ela ter nascido em Luanda no dia 28 de Setembro de 1974 – esta data não vos lembra nada?), o chamar-se Cristas é irrelevante.

Mas a Maria de Assunção, que também é Cristas, a catolicíssima Cristas, resolveu alcandorar-se a candidata à presidência da Câmara de Lisboa e, ouvi eu com estes olhos que a terra há-de comer, resolveu escrever aos Lisboetas a pedir-lhes ideias para Lisboa.

Embora eu de imediato tivesse ficado constrangido por não ser lisboeta e não votar em Lisboa, não pude ficar indiferente a este pungente pedido pois também, e de imediato, concluí da sua atrapalhação por ausência de ideias. Como nunca fico, aliás. E, mesmo com eles não concordando, não me eximi a dar ideias ao Seguro, quando ele me mandou um Mail a pedi-las, tratando-me mesmo por “amigo” e incentivando-me a segui-lo para ambos salvarmos Portugal, isto apesar de ele já ter, na altura, oitenta ideias, como não me excluí do pungente pedido de Passos e também lhas dei.

Como bom samaritano que sou, eu não podia, não em nome do meu, mas do seu cristianíssimo catolicismo, deixar de aceder ao seu apelo. E isto porque concluí que ela, realmente, não tem qualquer ideia sobre Lisboa.

E já que, como é por todos reconhecido, as ideias são todas propriedade do Fernando Medina, a tal ponto que nem o PSD encontra alguém com outras alternativas, eu perguntei-me: e se nenhum lisboeta lhe mandar ideias? E esta ideia começou a moer-me, a dar-me volta à carola e, não em nome da minha generosidade religiosa, mas da minha caridade humanista, eu resolvi, e gratuitamente como sempre, dar-lhe umas singelas ideias, não para a salvar, mas apenas para a aguentar, como Maria, como Maria de Assunção, para que ela não deixe de trazer mais Marias à terra, para bem de todos.

Isto porque, além dos rapazes Marias, ela já tem a do Mar e a da Luz.  Já tem, portanto, de Lisboa o Mar e a Luz, mas ainda lhe falta a do “AR”. Do “ar” de Lisboa, bem entendido. E não posso ficar indiferente. E isso até nem será difícil pois ela, por princípio, não peca: é contra o aborto, é contra o uso do preservativo (claro!) e, no fundo, contra tudo o que Deus ofenda.

Mas ela tem um pecado capital e do qual nunca se penitenciou. Mas quem não peca? Todos pecamos e até a Maria de Assunção. Mas qual o pecado, perguntará ela, dele não se lembrando?

Não se lembra, mas eu lembro-lhe: então minha cara Maria de Assunção, você não afirmou, depois daquele recuo do Paulo após a sua declaração do “Irrevogável”, que retroceder, que dar o dito por não dito, voltar com a palavra atrás, sem sequer se penitenciar, era um acto cristão e revolucionário? Eu sei que até Cristo pecou mas, minha cara Maria de Assunção, é melhor não lembrar isto, não é?

Seguindo, eu resolvi não lhe dar ideias porque, como disse, o Fernando Medina é dono delas todas e não vou então por aí. Vou-lhe, antes, dar um conselho! Cujo é uma pergunta: Você não é admiradora do Trump? Então porque não utiliza uma estratégia tipo Trump, já que a Le Pen também a vai utilizar, neste caso a de “Pôr França na Ordem”? E que tal pôr Lisboa na ordem? Ou pôr Lisboa “first”, porque não?

Isto não lhe inspira nada? Eu sei que toda a gente diz que Fernando Medina até tem cara de boa pessoa, que é afável, que não mostra qualquer resquício de maldade, mesmo que tenha nascido no Porto (mas você também nasceu em Luanda e ainda por cima no dia 28 de Setembro de 1974), mas Maria de Assunção, ele é Medina! Este nome não será suspeitoso e merecedor de atenção?

Medina é muçulmano, Maria! Ele é “Muslin”, Maria! Pode alguém chamar-se “Medina” sem ser “Muslin”, assim como qualquer Mouahmed ou Al qualquer coisa? Não é suposto ser você uma Trump de saias, ou de vestido, está bem, que é o que ele exige a todas as suas colaboradoras na Casa Branca? Então, de que está à espera Srª Drª D. Maria de Assunção Oliveira Cristas Machado da Graça e Uber?

Mande-o prá terra dele, mulher! Ponha-o na fronteira, ali pra Gaia, ao pé do Porto, para que não permaneça sacrilegamente em território alheio, Maria! Como é que um tipo chamado “Medina” é, e quer continuar a ser, Presidente de uma Câmara como Lisboa, tão plena de MAR E LUZ? E quem sabe se também de “AR”?Pegue-lhe por aí, Maria! Ainda se se chamasse Meca que, esse sim, é nome sagrado…

Vá em frente Maria de Assunção, mas vá de crista erguida, fazendo jus ao seu nome. De crista erguida e na crista da onda. Não surfa? Tem que aprender. Não basta saber nadar. Aprenda com o Marcelo. Nadar ele sabia, mas não bastou. Olhe se ele não desatou a pegar na prancha e ir todos os dias molhá-la ali na praia de Cascais? Não viu o resultado? Valeu ou não valeu a pena?

E, já agora, e para finalizar, mais um conselho, mas este para cartaz principal: “Na Crista de Lisboa com a Cristas”!

Já viu que “sainete”, Maria de Assunção?


Fonte aqui

Anúncios

4 pensamentos sobre “Vamos ajudar a Maria de Assunção (a Cristas)!

  1. Por favor deixem se destes comentários parvos acerca da maneira como vivem as pessoas estou farto destes comentários politicamente não gosto da D Conceição mas tenho respeito pela sua privacidade aliás é pena não saber nada ases respeito para publicar e ver se gosta

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s