A pós-verdade não começou em 2016

pos_verdade

 

Está muito na moda entre as elites do poder falar da preocupante entrada numa era da “pós-verdade”. Foi até considerada a palavra do ano. É preciso ter descaramento, já que, na economia política, há muito que muitas dessas mesmas elites nos vendem mentiras descaradas, da direita a uma certa esquerda. Lembram-se quando a modernização financeira…

via A pós-verdade não começou em 2016 — Ladrões de Bicicletas

2 pensamentos sobre “A pós-verdade não começou em 2016

  1. Escrevo aqui mais ou menos o comentário que fiz no próprio blogue. O conceito é bem antigo, provavelmente remonta a Orwell e à sua novilíngua, palavra criada no contexto de uma sátira ao estalinismo. Ora, que se saiba, a Esquerda que arranca as vestes agora por causa da amnésia seletiva do Centro Liberal nunca abandonou as suas convicções marxistas-leninistas, cujas consequências, ao nível económico, ambiental e de liberdades políticas fazem as da crise de 2008 parecer uma brincadeirinha de crianças. E os exemplos do falhanço desse modelo são, note-se, legião, veja-se o caso recente da Venezuela, em versão populista mais ou menos democrática, para não irmos mais longe. A Grécia pode ter passado as passas do Algarve, mas o Estado na Venezuela implodiu… Se o empirismo. aparentemente advogado pelo João Rodrigues, fosse um método de pensamento utilizado pela Esquerda da Esquerda (algo difícil, convenhamos, dado o seu apego à filosofia alemã), há muito que o Socialismo de cariz Estatista teria sido atirado para o caixote do lixo da História. Eu já sei que eles hoje em dia têm alguma vergonha em assumir as suas convicções, pelo que dizem que o seu programa é mero keynesianismo. Mas não do velho keynesianismo de Keynes, e sim do novo que exige taxas de crescimento permanentes de 3% ao ano para compensar o endividamento contínuo, recorrendo aos odiados mercados, claro está. Ou seja, a hipocrisia e a amnésia seletiva é algo que nos calha a todos… Assim sendo, não se percebe o tom de escândalo…Se for puro sarcasmo, então faz ricochete e vai espetar-se na cara de quem a ele recorreu…

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s