O Entroncamento de Montenegro

Luís Montenegro

                          Luís Montenegro

Desde sempre ouvi dizer que o Entroncamento era, em Portugal, a terra dos fenómenos. Uma origem plausível para esta denominação remonta à década de 50, altura em que um comerciante local colocou na montra do seu estabelecimento uma abóbora gigante, ou ‘fenomenal’ – pesava 50 Kg -, de modo a atrair a atenção dos transeuntes.

Contudo, perante alguns factos recentes que se vão sucedendo, sou levado a questionar se o país não estará a tornar-se um gigantesco Entroncamento. Poderia elencar algumas dúzias de eventos estranhos, mas vou-me focar apenas num que merece foros de destaque.

Hoje mesmo, em pleno debate na Assembleia da República, saiu-se o deputado Montenegro do PSD com uma pérola discursiva que está ao nível da referida abóbora fenomenal.  Disse ele que o cidadão Passos Coelho é a pessoa mais bem preparada, em Portugal, para conduzir o país nos próximos cinco anos.

Ora, quando tal ouvi, após a minha estupefação inicial, após o salto que dei na cadeira, após o ataque de riso, incontido quase até às lágrimas que me assaltou, lá consegui serenar e alinhar algumas cogitações mais sérias que passo a desenvolver.

Será que o país já bateu tão fundo, que já toda a gente emigrou ou se esvaiu em fome, não havendo já ninguém melhor que Passos Coelho para governar? Já não há cientistas, professores, juristas, economistas, engenheiros, ou até carpinteiros, serralheiros ou atletas, velhos, novos, homens, mulheres que sejam melhores que Passos Coelho?!

Eu nem queria falar de nomes, mas perante tanta mega propaganda, tanta fé, e tanta iconoclastia do deputado Montenegro, não resisto a fazer algumas comparações.

Não estará a Judite de Sousa muito melhor preparada para governar que Passos Coelho? Fala com toda a gente, entrevista a esquerda, a direita e o centro, os ricos e os pobres. Nunca passou recibos verdes, e é uma cidadã perfeita pois não consta que alguma vez se tenha esquecido ou se tenha atrasado a pagar os impostos. E como governar implica dialogar com todas as forças políticas do país, construir múltiplas pontes, e obter múltiplos consensos, não há dúvida que Judite de Sousa dialoga muito melhor que Passos Coelho.

Não estará o Manoel de Oliveira melhor preparado para governar que o Passos, apesar da sua provecta idade? É criativo, é coriáceo, um fenómeno de longevidade e é reconhecido como um grande génio da realização cinematográfica, com prémios por tudo quanto é geografia. E é um cidadão perfeito porque não consta que alguma vez se tivesse esquecido ou atrasado a pagar os impostos. E como governar é realizar, não há dúvida que realiza muito melhor que o Passos.

Não estará o Jorge Jesus muito melhor preparado para governar que o Passos, apesar de constar que, também ele, se prepara para emigrar? Ele potencia talentos desconhecidos, constrói equipas, seja com estrelas seja com medianos intérpretes, e é um cidadão perfeito porque não consta que alguma vez se tenha esquecido ou se tenha atrasado a pagar os impostos. E como governar é organizar o país, construir múltiplas equipas, e levá-las a funcionar de forma eficaz, ou seja treiná-las e levá-las à vitória, não há dúvida que Jorge Jesus organiza muito melhor que Passos Coelho.

Não estará o Herman José muito melhor preparado para governar que o Passos, apesar de alguns considerarem o humor uma coisa pouco séria? O Herman fala de forma que faz os portugueses sentirem-se bem, enquanto Passos fala de tal forma que faz os portugueses sentirem-se mal. Além disso, é um criativo, um perspicaz analista da realidade, e um cidadão perfeito porque não consta que alguma vez se tenha esquecido ou se tenha atrasado a pagar os impostos Ora, a boa governação deve conduzir os portugueses a sentirem-se orgulhosos da sua cidadania, a sentirem-se melhor na sua autoestima, logo mais felizes. E como governar implica também motivar os cidadãos, levando-os a serem mais ativos na luta pela melhoria da sua qualidade de vida, não há dúvida que Herman motiva muito mais e melhor que Passos Coelho.

Não estará o professor Marcelo muito melhor preparado para governar que Passos Coelho? Disserta sobre todos os temas com facilidade e brilhantismo. Da moda ao futebol, passando pela política e pelos prémios literários, da intriga interna à política internacional. Do passado ao presente, do presente ao futuro, Marcelo é uma espécie de abutre omnisciente pairando sobre o entrecho do guião político que se vai levando à cena no país, além de ser um cidadão perfeito pois não consta que alguma vez se tenha esquecido ou se tenha atrasado a pagar os impostos. E como governar implica conhecer em profundidade o país e os seus atores, e em decorrência agir, não há dúvida que o professor Marcelo conhece muito melhor o país que Passos Coelho.

Não estará o Cristiano Ronaldo melhor preparado para governar que o Passos?! Ao menos o Cristiano é um cidadão perfeito, não consta que alguma vez se tivesse esquecido ou atrasado a pagar os impostos, e sobre a sua capacidade de execução não restam dúvidas: é o melhor do mundo. E como governar é executar, não há dúvida que o Ronaldo é muito melhor executante que o Passos.

E poderia continuar a lista, de forma quase infindável.

Caro Luís Montenegro, eu só o desculpo, porque o meu espírito de misericórdia é enorme. Você insulta a inteligência dos portugueses, julgando que eles são estúpidos e vão acreditar em todas as fábulas que o governo anda a contar aos portugueses. Que tudo está bem, que vem aí o eldorado, que a culpa das desgraças foi do Sócrates, e que o país está fenomenal, como se fosse a tal abóbora milagrosa do Entroncamento.

Só que ao julgar que os portugueses são estúpidos o que você revela é a sua própria estupidez. É livre de o ser, faça favor. Mas como há milhares de portugueses menos estúpidos que você, há também milhares de portugueses muito mais bem preparados para governar que Passos Coelho.

Glosando o Almada Negreiros no Manifesto Anti-Dantas: Se Passos é o português mais preparado para governar o país, eu não quero ser espanhol, quero ser do Entroncamento.

Estátua de Sal, 06/03/2015

Advertisements

3 pensamentos sobre “O Entroncamento de Montenegro

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s