Os pedidos de Assunção Cristas à Senhora de Fátima

o(Por Estátua de Sal, 03/05/2017)

cristas_peregrina2

(Ver notícia aqui)


Aqui sinto-me bem. Há uma paz no ar que me faz levitar, minha Nossa Senhora de Fátima. Mas, como sabes sou sincera e boa menina e tenho que fazer uma declaração de interesses, um pequeno pecadilho que me vais perdoar certamente. A minha primeira devoção, desde o berço, é para a Nossa Senhora da Assunção, pois foi a ela a quem a minha mãezinha rezou quando me trouxe ao mundo, e por isso me deu este nome tão lindo e abençoado. Mas eu sei que não me levas a mal e vais ouvir as minhas preces, até porque não temos cá nenhum Santuário da Senhora da Assunção onde a ela me possa dirigir directamente. Ouve, então, o que me vai na alma, e transforma em milagres estes meus singelos pedidos, para bem de Portugal e da cristandade.

Só o teu grande coração de mãe pode compreender a apreensão que me invade sempre que acordo assustada pela madrugada, temendo pelo futuro dos meus queridos filhos, neste Portugal dominado pelo governo das esquerdas. Corro logo para o quarto deles para me certificar que estão mesmo bem. Pobres crianças, o que irá ser delas, se não nos ajudares a afastar esse demoníaco Costa, esse tonto Jerónimo e essa mal vestida Catarina? Eu sei que os caminhos do Senhor são insondáveis e não quero cometer sacrilégio, mas ainda não consegui perceber o que levou Deus Nosso Senhor a permitir que o nosso querido Portugal viesse a ser dirigido por três declarados ateus. Talvez tenha sido castigo divino para expiação dos nossos pecados, talvez.

Sim, são três hereges que não te honram, minha Nossa Senhora. Escarnecem de mim e dos outros devotos que te visitam e veneram. Zombam da fé e dos teus poderes. É por isso que te peço, que os afastes, que faças o povo abrir os olhos e votar no nosso partido que é o único que tem o azul na bandeira, esse azul tão bonito da cor do teu véu, ó minha Nossa Senhora.

Há outros que também não devem ter a tua benção, porque em vez de invocarem a tua santíssima misericórdia, invocam o diabo, abrenúncio. Não os entendo, e não percebo porque teimam em chamar o diabo. Ainda não viram que o diabo já está entre nós, disfarçado de Geringonça, e que é preciso expulsá-lo de vez. Conto contigo para me ajudares a salvar Portugal dessa praga das esquerdas radicais que querem tirar tudo aos crentes e devotos para sustentar os pobres. Pobres que só o são porque vivem no vício, na preguiça, no destempero e na lubricidade. Eu sei que devemos cuidar dos pobres e não quero que me acuses de falta de piedade. Mas uma coisa é cuidar dos pobres e ser caridosa, como sabes bem que sou, ainda que não exagere como algumas vezes faz o Papa Francisco, de tão bondoso que é; outra é acabar com a pobreza à custa do sacrifício do conforto merecido dos crentes e devotos, como pretendem as esquerdas radicais.

Sei que me entendeste, minha Nossa Senhora. E não é por mim que te faço este pedido. É pelo futuro dos meus meninos, é por Portugal. E se me ajudares, acredita que todos os anos virei em peregrinação a pé, ajoelhar-me e rezar mil ave-marias na tua capelinha. E virei sempre com os jornalistas e com as televisões atrás de mim, para promover os teus dotes milagreiros aos quatro ventos, aumentando assim o número dos teus seguidores.

Outra coisa. Estou meia envergonhada por este meu pensamento. Nem sei se te diga. Se calhar é melhor dizer. Queria-te pedir uma coisa para mim. Não queria que me achasses mesquinha e pouco altruísta. Pronto. Lá vai. Também é bom para o país, para Portugal. Era a câmara. A Câmara de Lisboa. Será que podes dar um jeito? Eu sei que é um milagre dos mais trabalhosos. Mas sabes, o Medina é ateu, e a Leal tem falta de classe e não é como eu. É mais devota do Benfica do que devota dos teus santos ofícios e virtudes, minha Nossa Senhora.

Vá lá. Eu sei que vou poder contar contigo. Até podes interceder junto do Santo António, que conhece bem Lisboa, para ele colaborar também. E se eu conseguir, nesse dia vou chorar de emoção e ficar-te-ei grata até ao fim da vida.

E como prova da minha gratidão, desde já te juro e prometo que todos os anos irei em peregrinação a Fátima trepar no terço da Joana Vasconcelos, vestida com o fato de alpinista, e rezar dez terços inteirinhos.

Tua devota e sincera seguidora,

assina_cristas

 

 

Anúncios

Um pensamento sobre “Os pedidos de Assunção Cristas à Senhora de Fátima

  1. Por acaso até existe um santuário da “sra. da Assunção”! Situa~se no monte com o mesmo nome, em S.Tirso.
    Poderá a Sra Dtra aproveitar e fazer a sua romaria esse santuário no dia da festividade em 15 de agosto (feriado).
    Quem sabe, pode dar jeito para as autárquicas…

    Liked by 1 person

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s