A paz caminha ao lado da esperança

(Joaquim de Freitas, in Facebook, 11/03/2022)

Onde alguns metem o dedo no olho até o cotovelo: não se trata de apurar os crimes de alguns, mas de mostrar quão seletiva é a sua indignação, e de exigir o mesmo tratamento para os mesmos crimes – quaisquer que sejam os autores que os cometeu.

Você pensa que conhece o mundo através dos media.

Ora os media sãocontrolados por grupos económicos que se movimentam com igual desenvoltura entre os domínios políticos, empresarial e dos próprios media.

São tanto um insulto à inteligência quanto as informações adulteradas que destilam essas mensagens e tantas outras tão enganosas quanto seletivas! Somos gangrenados pela podridão política e mediática.

Este modo de atuação cria inevitavelmente conflitos de interesse que muitas vezes são indisfarçáveis. Na verdade conhece um mundo que não existe. Daí a dificuldade em se comunicar com você.

Encharcado nos media institucionais que você segue com apenas uma pitada de pensamento crítico – apenas o suficiente para lhe dar um verniz de imparcialidade – você finge nos impressionar enquanto apenas mostra a sua ignorância das realidades do mundo

Para cada crime com o qual você tenta nos tornar cúmplices, passamos a vida denunciando mil dos quais você desconhece. Então sim. A sua indignação seletiva já durou demais.

Concordo totalmente, que Putin deveria ter evitado essa guerra. Ele deveria ter, não sei, proposto que a Ucrânia se tornasse um país neutro, sem mísseis nucleares e laboratórios de guerra biológica bem debaixo do seu nariz.

Tenho a certeza de que a NATO teria concordado em discutir isso…

Claro, também houve “algumas bombas no Donbass”, que mataram alguns civis russófonos todos os dias, durante 8 anos… 14 000…

Mas que diabo, não podiam esperar mais alguns anos?

Eu sei, 2/3 do Donbass já haviam sido etnicamente limpos, pelo batalhão nazi AZOV, restava apenas um pequeno terço para ser purificado eliminando de uma vez por todas esses eslavos que falam russo entre si…

Que história para uma pequena carnificina de nada, no fundo…

Mas eu, que fui privado na minha Pátria, de democracia e liberdade durante vinte anos, denuncio o rebanho de ovelhas que se diz jornalista e supostamente desempenha o seu papel de contrapoder. Porque alimentam a mentira todos os dias…

As trompetas universais conseguiram alinhar ainda mais o rebanho, bem na fila e que vai de guerra em guerra sem protestar. Exceto quando é o novo Hitler que a desencadeia.

O novo Hitler é os sucessivos governos dos EUA desde o fim da Segunda Guerra Mundial. Na verdade, desde 1898. Isso não se deduz de discursos demagógicos, MAS DE FACTOS83 Guerras desde 1945.

A Rússia está sob ataque desde 1917. Ela vem se defendendo desde então, salvando o mundo do nazismo.

As “elites” ocidentais odeiam a Rússia pelas razões opostas que fingem acreditar. Porque elas são absolutamente incapazes de dar uma única razão material e objetiva que explicaria por que Putin seria um novo Hitler.

O maior país do mundo, com recursos fantásticos, com uma evolução climática que só pode melhorar a sua situação geográfica, apoiada por uma economia que se desenvolve. Sem necessidade de ‘espaço vital’.

Por outro lado, os Estados Unidos carecem de recursos e espaço vital. É uma ilha perdida entre 2 oceanos que pensa que pode sobreviver ao seu destino dominando o mundo./

Entretanto, o Mundo desliza para o abismo. No ponto onde está a cruzada dos europeus contra os russos, só falta boicotar o uso da tabela periódica dos elementos de Mendeleev nos cursos de química.

Artistas russos são demitidos… Assim como atletas, treinadores… Funcionários diplomáticos russos nas Nações Unidas são obrigados a deixar o território americano.

Atletas russos não poderão mais participar dos Jogos Para Olímpicos, bela medida, às vésperas da abertura.

E há desportistas franceses para aprovar.

Os ocidentais haviam alertado a Rússia sobre sanções extremas. Em vez disso, é um vulcão cuspindo ódio fascista em um fluxo contínuo.

Mas atenção ao retorno da manivela.


Gosta da Estátua de Sal? Click aqui.

5 pensamentos sobre “A paz caminha ao lado da esperança

  1. Já houve um tempo em que os media foram um quarto poder, logo na fase inicial das democracias liberais (seculos XVIII e XIX), e nessa época tinham presentes pelo menos os princípios formais do liberalismo politico e tinham alguma vergonha na cara porque ainda se lembravam da opressão impiedosamente exercida pelas monarquias absolutas. Hoje, os media constituem verdadeiros oligopólios, sem contrapoder, sem contraditório, e funcionam como o recurso mais eficaz para dominar as pessoas, e para subverter a democracia, sem ninguém, aparentemente, dar por isso. Enquanto não se alterar significativamente essa situação não se vai a parte nenhuma. e os partidos políticos (de esquerda) deveriam pensar seriamente no assunto porque se não conseguirem passar as suas mensagens, tornar-se-ão cada vez mais irrelevantes.

  2. Eu também sou de esquerda sempre fui mas não sou estúpido, existe um invasor Putin e um invadido Ucrânia, o resto é treta e quem sofre é o povo Ucraniano ,alguém invadiu a Rússia? Não, essa treta dos eslavos russofonos não passa de uma justificação para o injustificável ,em todos os países do mundo existe racismo e xenofobia em África em relação aos brancos na Rússia em relação aos pretos e assim sucessivamente, que mau post a procurar tapar o sol com a peneira tipo Jerónimo apela a paz e diz para não se envviar armas para os extremistas os Ucranianos são 44 milhões serão todos extrmistas?

  3. Concordo que hoje, os media constituem verdadeiros oligopólios, sem contrapoder, sem contraditório, e funcionam como o recurso mais eficaz para dominar as pessoas, e para subverter a democracia, Certamente falamos dos mídia sociais que estão sob a alçada dos gigantes tecnológicos.

  4. Na selva quem manda é o leão; mas lá vem um dia (o que é raro acontecer) em que o rei não consegue os seus intentos o que lhe dá mais força para atacar com outra estratégia a presa e assim ficar, por uns dias, saciado. Sabe-se que passado algum tempo volta a atacar. É assim no reino animal do qual nós humanos também fazemos parte. A diferença é que somos racionais enquanto os outros, dizemos nós, são irracionais. Ficámos entretanto com o cérebro mais pequeno (há estudos científicos que o confirmam), devido às novas tecnologias que nos facilitaram a vida; não precisamos de esforçar tanto a massa cinzenta, daí ela ter vindo a diminuir…Um dia destes ainda vamos ser orientados por algum primata que, não tendo acesso ao digital, vai desenvolver o seu cérebro de tal forma que nos vai ultrapassar. Sinais dos tempos…

Leave a Reply to Adilia Maia Gaspar Cancel reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.