O bom vírus a casa torna

(Carlos Reis, in Blog A Viagem dos Argonautas, 04/01/2021)

2 pensamentos sobre “O bom vírus a casa torna

  1. Abraços e beijinhos…

    De facto uma das coisas que sempre me meteu mais nojo no povo português, para além da tendência para lamber as botas a qualquer gajo que seja rico, é esta coisa dos abraços e beijinhos.

    São falsos como judas, sempre prontos a entalar o colega, o vizinho, o amigo ou a família – mas, talvez por causa disso mesmo, andam sempre aos abraços e aos beijinhos a toda a gente.

    O Judas original é aliás conhecido pela beijoca com que mandou o JC para a cruz.

    Noto isto até no bufo “oficial” da empresa. Sempre pronto a tentar lixar a vida aos colegas. Mas o que ele sofre por não pode andar aos abraços e aos beijinhos. A sério. Nota-se que o gajo está em sofrimento.

    A falta que lhe faz aqueles apertos de mão firmes e sinceros aos colegas que andava a tentar despedir com as suas queixinhas ao chefe e intrigas generalizadas…

    Em certas coisas o vius está a ser bom, porque limita a hipocrisia social.

  2. Mas onde é que este artigo queria chegar ?
    Não percebi nada !
    O articulista queria dizer tátá e não sabia como ……….

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.