O Doutor Barreto

(Por Soares Novais, in a Blog A Viagem dos Argonautas, 18/10/2020)


5 pensamentos sobre “O Doutor Barreto

  1. Gente assim merece ser tratada com muito respeitinho e muito carinho para assim perceberem que afinal do outro lado somos humanos e não quadradinhos. :P:D

  2. Este Barreto é mais uma das provas que o PS nunca foi de esquerda.

    Anda todo inchado por ter destruído a reforma agrária comunista. Mas no programa do seu partido estava uma reforma agrária social democrata e nem ele nem o seu partido fizeram absolutamente nada para a pôr em prática.

    Só destruiu, não criou nada do que prometeu. O que ele fez qualquer tipo do CDS, do CHEGA ou do Iniciativa liberal teria feito.

    Deixaram o Alentejo numa desgraça, pior do que estava com ou sem UCP’s.

    É o pior tipo de escroque. O bandalho que se faz passar por uma coisa que não é.

  3. Isto faz lembrar uma entrevista que este escroque deu em que dizia que a reforma agrária não valia nada porque estava dependente de apoios do estado.

    Quer dizer, não há problema o estado gastar 100 vezes mais a sustentar uma banca privada parasitária que está a dar cabo do país.

    Mas apoiar o relançamento da agricultura para criar emprego e equilibrar a balança de pagamentos com o exterior é que não pode ser porque é ir contra o mercado. O mesmo mercado que depois dá gorgeta ao Barreto fazendo-o aparecer em publicidade pirosa.

  4. Se não foi esta Campos, foi uma do género que aqui há umas décadas fez uma entrevista parecida com o Ricardo Salgado.

    Lembro-me que sabujou o “nosso grande banqueiro” apresentando-o como uma figura patriarcal, severa e exigente, mas benevolente, que velava pela nossa economia. Já tinham feito o mesmo com o Berardo.

    Nunca fazem perguntas “difíceis” e alinham sempre pela narrativa auto-hagiográfica do entrevistado.

    O regime dá palco e apresenta estas tristes figuras ao povo, embrulhadas em papel vistoso e colorido artificialmente de respeitabilidade fake.

    • Tens toda a razão Pedro, se eu mandasse, estes filhos da p..a eram obrigados a emigrar para o país dos boches , onde provavelmente se sentiriam na sua verdadeira casa. :P:D (A lista de gaj0s a expatriar nunca mais acaba…)

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.