Uma brava história de um homem

(João Quadros, in Jornal de Negócios, 16/03/2018)

quadros

João Quadros

Stephen Hawking, o físico e pesquisador britânico, morreu aos 76 anos na passada quarta-feira, em sua casa na Inglaterra. Uma enorme perda para o mundo mas penso que nada seria mais ofensivo que desejar: “paz à sua alma”, ou dizer – “que Deus o guarde” ou “foi para um lugar melhor”.

Ao contrário do que alguns afirmam, Hawking não dizia que não acreditava em Deus, o que o físico afirmava é que Deus não existe. Hoje é sexta-feira, Hawking já morreu há dois dias e , até agora, não se manifestou, o que me leva a pensar (eu já pensava) que ele tinha razão. Se Hawking fez o que fez, preso a uma cadeira com uma terrível doença degenerativa, não havia de ser por estar morto, e a viver no além, que não arranjava maneira de contactar connosco.

Muitos jornais salientaram a “transcendental” coincidência de o Hawking ter nascido no mesmo dia do aniversário de 300 anos da morte de Galileu Galilei (1564-1642) e ter morrido no dia em que nasceu outro brilhante físico, Albert Einstein, a 14 de Março de 1879. Como se Deus tivesse um Dia Universal do Cientista e resolvesse festejá-lo de várias e duvidosas formas.

Ao contrário das piadas que foram feitas sobre a sua morte (algumas o seu enorme sentido de humor apreciaria) acho que este tipo de notícias com coincidências, a fazer crer em algo de divino, é que iriam irritar o Stephen Hawking (caso houvesse aquilo que ele garantiu que não havia). Isso é tudo muito relativo. Fui investigar e Hawking morreu no mesmo dia que Karl Marx (à atenção do Rui Ramos do jornal o Observador) e também nasceu no mesmo dia em que veio ao mundo Kim Jong-un, esse génio dos foguetes.

Há muita gente que precisa de acreditar que “há mais para além disto”, estamos todos presos numa espécie de divina superstição, somos humanos e não é fácil. Quando entrou em funcionamento o maior acelerador de partículas do mundo, especialmente concebido para explorar os grandes enigmas do Universo e desfrisar o cabelo do comentarista Rui Santos, houve quem pusesse a hipótese dessa experiência poder criar um Buraco Negro, capaz de engolir toda a Terra e até talvez o nosso Sistema Solar e acabar com o Universo. Um disparate, mas consta que os cientistas, pelo sim pelo não, bateram três vezes na madeira antes de ligar a máquina.

Sou um admirador de Stephen Hawking. não só pela forma como resistiu aos limites da sua terrível doença, como pelas suas ideias em relação ao Universo, e a não existência de Deus. Foi a nossa sorte uma mente brilhante como aquela ter resolvido optar pelo lado do bem. Segundo o que estamos habituados a ver nos filmes do 007, Hawking tinha tudo para ser o arquétipo do génio do mal. Podia ter dedicado a sua vida a produzir uma arma que aniquilasse a raça humana, ou pior, podia ter ido para o Goldman Sachs.


TOP-5

Teoria de nada

1. Portugal consegue vender dívida à taxa mais baixa de sempre – malditos mercados que se revêm nas esquerdas encostadas.

2. Elon Musk, o empresário do espaço e dos carros eléctricos, quer agora fazer humor – está tramado, é mais fácil chegar a Marte que ser politicamente correcto na Terra.

3. Nos EUA, um professor disparou acidentalmente uma arma durante uma aula sobre segurança com armas de fogo – foi a primeira vez que uma arma de fogo foi disparada numa escola nos EUA… acidentalmente.

4. Fernando Negrão considera que Feliciano Barreiras Duarte não está fragilizado– fragilizado era se, apenas, tivesse o apoio de 39% da bancada do PSD.

5. Assunção Cristas já se vê como PM de Portugal – Com 6% nas sondagens, cheira-me que há aqui mãozinha da mental coach do éderzito.

Anúncios

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.