O ódio a Centeno

(In Blog O Jumento, 13/02/2017)
centeno2
A direita segue a táctica dos alunos cábulas. Que fazem perante um professor rigoroso e competente? Tentam afastá-lo e demiti-lo para que a sua incapacidade não venha ao de cima em confronto com o sucesso dos restantes alunos. Centeno deu uma lição de economia e de boa gestão da coisa pública, provando a incompetência da governação pafiosa. Afinal não era necessária a austeridade de rapina para alcançar o déficit público abaixo dos 3%. Centeno alcançou tal objetivo, subiu salários e pensões em vez de os cortar, pondo a nu a má-fé e sanha persecutória dos pafiosos contra os trabalhadores e pensionistas. É por isso que o querem abater. É a corja no seu pior.
Estátua de Sal, 13/02/2017 

Pela primeira vez em muitas décadas o país tem um défice orçamental na ordem dos 2,3% do PIB. Pela primeira vez em muitos anos não foi necessário fazer aprovar qualquer orçamento rectificativo. A situação do sector financeiro começa a ser resolvida. E quem é que a direita deseja que seja demitido? O ministro das Finanças.
Começaram por dizer que Centeno fez aprovar um decreto para que um tal Domingos fosse dispensado de apresentar uma declaração de rendimentos, mas durante semanas Centeno foi acusado de mentir. Esperem lá, se Centeno queria que a CGD fosse tratada como um banco privado, precisava de mentir dizendo que nada tinha prometido a Domingos?
É óbvio que sem o argumento da mentira, era preciso encontrar melhor argumento. Como era de esperar, coube a Marques Mendes a mudança de argumentos; a demissão de Centeno já não é exigida por ter mentido, mas sim porque o decreto da CGD só foi publicado no último da de Julho. Até faz lembrar uma célebre comunicação ao país de Cavaco, ou a famosa destruição do BES que apanhou Passos Coelho a dar banho aos ditos, lá para os lados da Manta Rota.
Mas no caso do decreto da CGD o objectivo da manobra era impedir os deputados de exigir a ida do diploma ao parlamento, isto é, Marques Mendes sugere que o parlamento fecha para férias, que a democracia é suspensa e só reabre mais ou menos quando reabrem as escolas d ensino secundário. Mas o liderzinho da oposição teve um pequeno engano, acusou António Costa de ter metido o decreto na gaveta, concluindo que se isto fosse a Alemanha o Centeno já estaria demitido. Isto é, quem faz o veto de gaveta é o primeiro-ministro, mas na Alemanha quando isso sucede são os ministros a serem demitidos!noia
Passos Coelho ouviu o tempo de antena de Marques Mendes e mudou de discurso, o problema deixou de ser a mentira e passou a ser o decreto. Esta mudança de argumentação leva-nos a esperar que no próximo sábado o líderzinho do PSD anuncie quem irá ser candidato por este partido a Lisboa, talvez o Passos Coelho o anuncie a  meio do lombo assado no próximo domingo.
Esta direita é divertida, em vez de propostas sugere vindas do diabo, em vez de soluções diz que a prenda será entregue pelos reis magos e em vez de elogiar quem é competente não escondem que querem demitir aquele que lhes destruiu os argumentos. Não é por causa da CGD que querem demitir Centeno, é porque não falhou e a única ideia que Passos tem para justificar o seu regresso ao poder é o falhanço do país.
Longe vão os tempos em que uma Maria Luís Albuquerque era apresentada ao país como uma grande sumidade intelectual, até era competente demais para ir para um qualquer cargozito de comissária europeia. A Maria Luís espetou-se na aritmética e é por isso que querem demitir o Centeno a qualquer custo, é bom demais para que esteja no governo.
Advertisements

10 pensamentos sobre “O ódio a Centeno

  1. Como eu gostaria de ser “polido” e escrever assim, mas jumento velho não aprende línguas … era altura da Octafarma desenvolver com urgência uma fórmula da Rennie, para a azia mas em supositório XXL para a direita, de Coelho & Cristas, SA .

    Gostar

  2. V. Exa. deve ser o escritor do Rei vai nu. O PS deixou este País na Banca Rota, Com um crescimento desde 2000 a baixo dos 2%. Com um contrato com a Troika, sim o contrato foi feito pelo PS do Sr Sócrates, onde o endividamento passaria para mais de 100% do PIB, com juros acima dos 4%. Com um contrato de austeridade e com muitas penalizações, para termos dinheiro. TUDO ISTO FOI FEITO PELO PARTIDO SOCIALISTA. O Governo PSD/CDS teve que governar com as regras deixadas por este contrato. Após 3 anos e não os 5 como previa o acordo, consegui livrar-se das grilhetas da troika contratadas pelo PS. Assim toda a austeridade com a baixa dos rendimentos de trabalho e pensões, aumento dos impostos e com a falta do investimento público É CULPA DO PARTIDO SOCIALISTA. Após os 3 anos, conseguidos pelo anterior Governo, começamos a ter algum alívio onde as taxas de juro baixaram, algumas a baixo dos 0%, começou a haver reposição do poder de compra, e os níveis de investimento público começaram a subir.
    Agora com a “Geringonça” temos os Juros mais elevados e não temos dinheiro para pagar aos Fornecedores, o poder de compra não subiu, os aumentos foram politicos 7 ou 8 € não é aumento. Conseguir défices através de esquemas e não pagamento a fornecedores – o aumento da dívida directa subiu 30%, E, se conferir as contas – penso que sabe ler um orçamento de estado ou pelo menos um balanço contabilista, verificará que os valores provisionais estão “à vontade do cliente”, os gastos com as paridades da CGD, que no Banif foram incluídos no orçamente e estes não foram, que foram retirados todos os custos que puderam ser empurrados para 2017, TUDO ISTO FOI DITO PELA UNIÃO EUROPEIA,
    Desejo ardentemente que qualquer que seja o nosso Governo, independentemente da cor política, seja capaz de criar uma condição de vida melhor, senão boa, para todos os Portugueses. Mas assim com estas mentiras estes arremessos, com o aceitar a falsidade e o comportamento falso e mentiroso dos políticos, sem “Projectos” sem “Recuperação económica” sem “Baixa dos custos (Despesas) do Estado” não vamos a lado nenhum.
    Deixo apenas alguns exemplos:
    -Somos o maior País da Europa se incluirmos a zona marítima, e não temos uma única frota de pesca de mar alto.
    -Somos o País com uma das maiores capacidades para o Turismo, e não temos nenhum planeamento para isso.
    -Fazemos parte duma comunidade de 8 Países – os PALOP – com 300 milhões de pessoas com uma grande diversidade de oportunidades e nada aproveitamos, bastaria aceitar a livre circulação de pessoas e bens.
    Ajudemos os Políticos que têm ideias e capacidades para tornar este País melhor a vencerem a inércia, e vamos correr com os inaptos, mentirosos, corruptos, que só estragam o nosso Portugal.
    Que a crítica seja para podermos olhar uns para os outros, para podermos discutir para construir, deixemos o mal dizer, as mentiras, que só ajudam os incompetentes.
    Caetano Monteiro

    Gostar

    • Em relação ao seu longo comentário não merece ser rebatido ponto a ponto: a realidade está a rebatê-lo de forma natural. Só lhe chamo a atenção para um dos seus tópicos que – aí sim fica a nu -, a sua visão de clubite alaranjada. Diz você que “-Somos o maior País da Europa se incluirmos a zona marítima, e não temos uma única frota de pesca de mar alto.”. Pois bem, chame a capítulo o Dr. Cavaco que, além de nada ter investido na fileira marítima, foi o coveiro da frota que em tempos tínhamos. Mas parece que os problemas do país, para si, começaram nos governos de Sócrates. Precisa de fósforo para que a sua memória recue mais para trás. Sabe, somos um país muito velho. E podemos recuar até um tipo chamado Afonso Henriques. Com a memória tão raquitica que possui, o seu comentário vale o que vale.

      Gostar

      • “Que a crítica seja para podermos olhar uns para os outros, para podermos discutir para construir, deixemos o mal dizer, as mentiras, que só ajudam os incompetentes.”

        Num Blogue, em que seja permitido escrever, o confronto de ideias e a apresentação de factos ajudam a tornar-nos mais conhecedores para termos um conhecimento melhor e não sermos manipulados, COMO O SR FAZ NO SEU BLOGUE. Só não sei se está ou não a ser pago por alguém, como os homenzinhos do seu partido fazem.
        – A última frota de pesca foi abatida em 1978 pelo Sr. Mário Soares, lembra-se e sabe quem é?
        – A Banca Rota, porque foi “corrompida” e não Bancarrota por funcionamento do mercado, existiu em Portugal em 1978, em 1983 e em 2010, provocada pelo mesmo partido, o seu PS.
        – A despesa com Pessoal, que tornou insustentável o Orçamento do Estado, foi ter passado de 350.000 funcionários públicos em 1994, para 750.000 em 2000, faça favor de conferir!!! – O Sr. António Guterres quando saiu do Governo foi bem claro “Isto é tudo um Lamaçal”, lembra-se!
        – Já agora não me aponte cor partidária, sou “PORTUGUÊS”, não sou político, não encontro na Fórmula política Portuguesa – que é uma DEMOCRACIA CORPORATIVA – uma solução. Defendo desde muito antes de 1974 e até morrer, uma Sociedade onde a “PESSOA HUMANA” seja a que tem mais valor e não as “INSTITUIÇÕES”, mesmo que sejam Partidos Políticos – Já agora saiba que para fazer parte da sua Instituição Partido Socialista, tem que ser apresentado por um correlegionário e não por vontade própria – se chama a isto Democracia???
        Sou contra muitos dos artigos desta constituição, desde 1976, acho que merecemos muito mais e principalmente melhor! O Estado da Justiça; O Sistema Financeiro e Económico do Estado – primeiro gasta-se e depois arranjasse o dinheiro; As opções ruinosas para o Estado em termos de investimento e, por fim, o que é muito querido para o seu PS, a criação de Fundações e Instituições financiadas pelo Estado para incorporar os “Boys”. Sendo que tudo isto para o PS é Democracia…
        Os partidos políticos são necessários numa Democracia PARA SERVIREM AS PESSOAS, e não para esconderem das pessoas os seus desígnios e os seus comparsas. VAMOS VOTAR EM PESSOAS E NÃO EM PARTIDOS, que devem servir para organizar e para ajudar as pessoas que se propõem ao eleitorado. Lembra-se do Estado Novo? sabe o que era? o tal do Partido único onde ninguém votava nas pessoas, eram escolhidas por quem mandava e não por votação. E AGORA QUEM ESCOLHE AS PESSOAS???
        Assim e respondendo à letra, quem necessita de produtos para a memória é o Sr, já agora recomendo-lhe Aloe Vera, e em relação ao raquitismo aconselho-o a ir ao dicionário, e se refere aos elementos visionais também lhe recomendo o espelho.

        Gostar

      • Caro Senhor

        Não vou responder às suas provocações grotescas. Contudo esclareço-o em alguns pontos:
        1) Eu não manipulo ninguém. Quer a prova? O seu texto abona em meu favor. Você e outros lêem o que aqui se publica, e concordam ou discordam, e se quiserem manifestam a sua opinião.
        2) Fica-lhe mal julgar que quem intervém no espaço público, seja com um blog ou outro qualquer meio, só o faz a troco de uma qualquer vantagem económica. Isso só revela a sua “má formação” em termos de cidadania. Aliás, o argumento, se que o quisesse usar, seria reversível: qual é a vantagem económica que V. Exa. tem, atacando de forma desabrida e mal educada este espaço? Como vê, é melhor não irmos por aí.
        3) Não tenho nada a ver com o PS, não em termos de militância, nem de sequer em termos de adesão votante. Acredite se quiser. Aliás, qualquer analista acima da mediania (que não me parece ser o seu caso) vendo o conjunto de artigos deste espaço, concluiria isso. Basta ver algumas peças que publico sobre política internacional, união europeia, euro, eleições americanas, etc.
        4) E não alongo mais. Se achar por bem deixar de ler este blog, esteja à vontade. Aliás talvez seja melhor para si, não vá ser “manipulado” e contagiado por ideias tão “perigosas” como aquelas que aqui são difundidas… 🙂

        Gostar

    • Sim, o problema é da Banca Rota. Menos mau, pior seria se fosse o da bancarrota Mas o contrato com a Troika não foi assessorado por aquele senhor muito sério, o dos pentelhos, com direito a fotografia e tudo? E talvez, quem sabe, se a proposta de Sócrates tivesse sido aceite, não tivesse sido necessário chamar os abutres. Mas a Direita rascosa está a borrifar-se para o país. Quer o pote a todo o custo, nem que para isso tenha de condenar à miséria a maior parte dos que sustentam este país, o tal Estado Gordo que a Direita tanto critica mas no qual adora viver pendurada.

      Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s