Saia um retrovisor para a D. Cristas

(Por Estátua de Sal, 22/12/2016)

costa_presente

Na última sessão plenária antes do Natal, a líder do CDS entregou ao primeiro-ministro “um soro da verdade” e “óculos para não ver a realidade desfocada”. Desprevenido, António Costa lamentou não ter trazido “um retrovisor” para que Assunção Cristas “visse o seu passado” no Governo…..

Continuar a ler a notícia aqui


A Dona Cristas agora arma-se em “mãe Natal”, segundo o epíteto com que António Costa a brindou. Dá presentes, supostamente críticos ao primeiro-ministro mas opõe-se com denodo a que o Governo brinde os trabalhadores com o aumento do salário mínimo em 2017. É assim a direita: dá esmolas aos pobres mas não quer que eles deixem de o ser porque ficaria sem ninguém que lhe permitisse brincar á caridadezinha.
Costa, bem educado que é, vai-lhe retribuir um presente, a enviar, disse, até ao Dia de Reis: um retrovisor!!
Ó Dr. Costa, que presente mais mal amanhado. A Sãozinha é menina fina e não se oferecem coisas dessas, tão comezinhas, a uma chinela tão chique. Ele era melhor um perfume, um sabonete especial para os sovacos, um xaile bordado à mão, enfim qualquer coisita mais “avec cependant…”.
Mas a ideia de Costa é boa. Diz que é para a madame conseguir olhar para trás e ver as contradições politicas e discursivas em que a santinha incorre. Vejamos: há um ano o PS era uma ameaça porque iria ser despesista; agora diz que o PS é tão forreta para cumprir o déficit que corta no investimento público, nos hospitais, nas escolas, etc. Há um ano, o déficit era o alfa e o ómega da governação pafiosa. Agora, que o déficit vai ser o mais baixo dos últimos 40 anos, já não interessa nada.
Enfim, um retrovisor para a Sãozinha não fica nada mal. E Costa, como é um cavalheiro, vai certamente escolher um azulinho e amarelo com as cores do CDS. Provavelmente mais amarelo que azul para que a D. Cristas não se esqueça mesmo do passado do seu partido e do seu venerado patrono. Fica sempre bem e submarino oblige…:)
Anúncios

Um pensamento sobre “Saia um retrovisor para a D. Cristas

  1. Um espelho, retrovisor ou não, é sempre uma boa oferta a esta maltinha. Um espelho para que consigam ver como se contradizem a cada dois minutos e para que possam ver o poço de hipocrisia onde andam metidos.
    Mas já que estamos numa de presentes simbólicos, que tal um capacete (azul e amarelo lá está) e um par de botas de biqueira de aço?
    Com os telhados de vidro que o CDS instalou nos últimos anos e quantidade de pedras que anda a atirar aos telhados dos outros, da sempre jeito proteger a moleirinha, ainda que não haja muito para proteger dentro daquela abóbora. E depois há os constantes tiros nos pés. Não sei se há botas de kevlar à venda, mas se as há, o CDS devia investir num stock para um século. A Gerigonça podia fazer o jeitinho e oferecer-lhes o primeiro par…

    Liked by 1 person

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s