Luís Montenegro: “Rui Rio teve medo”

(Miguel Santos Carrapatoso, In Expresso, 14/01/2019)

boxe psd

Imagem in BLOG 77 Colinas

(Isto, de facto, mais parece um combate de boxe. Marcelo arbitra e tenta evitar golpes baixos. Costa, na plateia, ri de fininho. Montenegro é mais para o peso pesado e Rio peso médio. O problema é se nenhum ganha por KO e vai ter que ser Marcelo a atribuir a vitória aos pontos a um dos contendores. 

Marcelo não resiste e não consegue parar quieto. Nunca se devia ter metido nesta disputa. Ele é o Presidente da República de Portugal, não é o Presidente do PSD, nem lhe compete ser ele a nomear o chefe da oposição. Depois queixa-se que a sua popularidade está a cair. Pudera, nos últimos tempos só tem feito asneiras e os portugueses não são tão papalvos como ele julga.

Comentário da Estátua, 14/01/2019)


O ex-líder parlamentar do PSD acusou Rui Rio de ter tido “medo” e “falta de coragem” ao não aceitar o desafio de convocar eleições para a liderança do partido. Conselho Nacional do partido agendado para quinta-feira, no Porto.


Continuar a ler aqui: Expresso | Luís Montenegro: “Rui Rio teve medo”

Advertisements

9 pensamentos sobre “Luís Montenegro: “Rui Rio teve medo”

    • Duplex, ?! Um mistério., isto…

      Nota, 4U. É um sinal para ti, Manuel G., um sinal de que Deus tal como o Marcelo não dorme/m mesmo.

      • Ah, tenho de ler essa politóloga de sensação…

        Sei que as sondagens vão por aí, mas nunca li ninguém que o dissesse.
        Até porque essa é a lei da gravidade, da política qu’é grave no caso: o que sobe também cai.
        E ele, o PR, e o António Costa sabem isso melhor que ninguém,
        que são muitos anos a virar frangos.

          • O Expresso e as fake news, lembras-te?
            (Estátua de Sal, 20/09/2018)T

            Nlota, 4U. Tenho dúvidas sobre o candente assunto sobre a importância da Ângela, e já as postei n’A Estátua de Sal aliás. Mantenho.

            […]

            Ângela Silva, é quem aparentemente foi a boneca (parece-me que ela tem, de facto, um ascendente sobre os rapazes do Expresso). Ora, isto vem pôr em causa outra tese, esta rudemente elaborada pelo sector dos desmiolados do PS e arredores, que sustenta que a senhora passa fidedignamente os recados do inquilino do palácio de Belém… Vamos ver amanhã, de acordo. É uma questão de imaginar que há um ascendente sobre, e a Presidência da República e o Marcelo Rebelo de Sousa saem em ombros.

  1. Cuspiu na pedra e desafiou o outro a pisar? Se ele não pisou é porque teve cá faço. Acho mais gira a história nestes termos…e anima mais a malta para distrair os espectadores…

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.