DE SINDICALISTA A DIRIGENTE DESPORTIVO

(In Blog O Jumento, 12/09/2018)

palma1

O magistrado Palma

Ia caindo de cu quando vi que um dos magistrados que foram eleitos para os órgãos dirigentes do SCP era o nosso incansável e inenarrável Palma, uma personagem muito conhecido na democracia portuguesa e que teve uma intervenção ativa na política portuguesa, à frente de um sindicato que chegou a ser patrocinado pelo Dono Disto Tudo.

Explica o inenarrável Palma que a sua presença na liderança do clube era uma espécie de garantia de justiça, como se Alvalade fosse uma espécie de Boa Hora. Sejamos honestos e esqueçamos essa treta da verdade desportiva, do ecletismo e de outras coisas, na perspectiva de um qualquer burro, pouco importando se mirandês ou branco, o que cheia ali para os lados de Alvalade, como cheira na Luz ou nas Antas, é a palha, a muito e boa palha, uma palha saborosa e nutritiva que atrai notáveis com o mesmo poder que a merda atrai as moscas.

A presença de magistrados nos clubes é uma vergonha para os clubes e para a magistratura, pouco importa se estão jubilados porque eles até com demência continuam magistrados e por isso até têm direito a subsídio de residência, não vá o tribunal fica longe de casa. Não há como explicar a sua utilidade a não ser que sirvam para influenciar, já que para julgar ou acusar o Bruno de Carvalho qualquer oficial de justiça serviria.

Como explica que num país com tão poucos juízes, onde os processos se arrastam por décadas exista uma tal concentração de magistrados por metro quadrado? Num tempo em que os clubes tentam destruir os adversários nos tribunais porque não o conseguem fazer nos relvados, mandaria o bom senso que os juízes ficassem longe da mesa dos rissóis da bancada central.


Fonte aqui

Anúncios

2 pensamentos sobre “DE SINDICALISTA A DIRIGENTE DESPORTIVO

  1. Nada como uma não notícia, uma fake news, para desviar as atenções dos processos, e as penas aplicadas de jogos à porta fechada, que pendem sobre o Benfica do Jumento.
    Esta novela dos Magistrados no futebol, não é nova. Quando interessa volta à tona, e agora interessa para desviar as atenções.
    Afinal, que cargo tão oneroso da disponibilidade profissional de João Palma está em causa?
    Vice-Presidente da Mesa da Assembleia Geral? Eu imagino os processos que vão ser atrasados por tão desgastante cargo. Uma enorme preocupação.
    Pena que o Jumento não se tivesse preocupado quando o seu conhecido Juiz Araújo e Sá, o irmão do Sandokan, foi Presidente do seu Benfica. resultaram dúvidas pelo exercício do cargo? Alguém se lamentou com processos atrasados?
    Nesse tempo, ninguém duvidava de ninguém, ou quase. Só do Cesar da Luz Correia, do Inácio de Almeida e mais uns quantos árbitros, sempre sob o julgamento das multidões.
    Também nesse tempo ninguém falava de processos atrasados.
    Quem ouviu e leu as notícias e a forma como elas foram plantadas, mesmo cartilhadas, ficou com a ideia que os Juízes foram eleitos para beneficiar o Sporting em casos futuros.
    Percebe-se. Quem corrompe Magistrados para obter sentenças favoráveis ao clube, ou sentenças desfavoráveis aos rivais, como fica evidenciado no Processo Lex, os Magistrados só ocupam um cargo para servir o clube, na sua actividade profissional.
    Também recebi uma mensagem com a foto e a acusação que a pessoa, o Procurador do MP que acusou a SAD encarnada. São impublicaveis as reacções à pessoa, e isso diz muito das pessoas.
    E o problema é mesmo esse, as pessoas. Desde que as decisões mexam no seu clube, todos são vendidos, todos são inimigos, porque o futebol é mesmo a Tribo de que falava Desmond Morris, onde o mais pacato cidadão perde as estribeiras e solta o animal que há em todos nós, para defender o seu clube, visto como uma família, algo com que nos identificamos e que para nós significa mais que os nossos mais próximos familiares e Amigos.
    A Finalmente para lembrar que a preocupação do Benfica e da sua comunicação, é afastar das notícias os seus processos, usando para isso o controlo sobre a comunicação (onde está agora o Sindicato dos Jornalistas? Ainda existe?), dando à luz notícias que desviem o foco, como são exemplo esta não notícia, mas também a descoberta do pirata que entregou ao Porto Canal os famosos mails.
    Já viram como hoje ninguém fala no Processo e-toupeira, depois do frenesim inicial com Advogados, todos a fazerem o papel de defensores do indefensável, violando as regras sob as quais se regem, ou deviam reger.

    Gostar

Obrigado pelo seu comentário. É sempre bem vindo.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.